Dicas para uma escovação de dente perfeita

No Dicas para uma escovação de dente perfeitablog já falamos diversas vezes o quanto uma higienização bucal é essencial para ficar com a saúde em dia e um sorriso perfeito. Mesmo assim, nós acreditamos que reforçar esse tema nunca é demais.

E a melhor forma de manter a limpeza da sua boca é escovando muito bem os dentes. Por isso, nós montamos um passo a passo para você poder executar a escovação perfeita.

Mas você pode estar pensando: “nós escovamos os dentes todos os dias, claro que sabemos como fazer isso”. Só que, às vezes, podemos nos surpreender e perceber que não estamos fazendo da maneira correta.

Pergunta: quanto tempo dura sua escovação? Se for menos que dois minutos já temos o primeiro erro.

Os dentes devem ser escovados, no mínimo, três vezes por dia (após as refeições, antes de dormir e ao acordar). O fio dental tem que ser usado diariamente, pois é ele que ajuda a eliminar resíduos de alimentos que ficam em lugares que as cerdas das escovas não conseguem chegar.

PASSO A PASSO:Dicas para uma escovação de dente perfeita

  1. Escove as superfícies voltadas para a bochecha dos dentes superiores e, em seguida, dos inferiores;
  2. Escove as superfícies interna dos dentes superiores e, depois, dos inferiores;
  3. Escove as superfícies da mastigação;
  4. Escove a língua (é nela que muitas bactérias ficam alojadas e causam o mau hálito)

Uso do fio dental

Usar o fio ou fita dental, já falamos inúmeras vezes o como é importante.

Mas para aqueles que acham “sem graça” ter que passar o fio, aqui vai uma dica para que fique um pouco mais divertido.

São fios dentais com sabor. A indústria de produtos de higiene oral tem que ter uma criatividade……. para poder incentivar as pessoas que são resistentes ao fio dental.

Use o fio dental. Cuide de seu sorriso.

418082_227660507328916_191033667658267_459530_1639371244_n 420613_230048133756820_191033667658267_466035_83271333_n421898_238693402892293_191033667658267_485613_425064504_n

Saiba mais sobre o atendimento odontológico para gestantes

Muitas gestantes acabam não procurando atendimento odontológico pois acreditam que este tratamento pode causar algum tipo de problema para o bebê. Tudo por causa dos procedimentos que o dentista possa executar.

pregnant-sad-facePara que isto não ocorra, é necessário um dentista que esteja preparado para atender e acompanhar, se necessário, as mudanças que a gestação traz. As gestantes devem ter todas suas dúvidas sanadas para que possam se sentir seguras.

Segunda a ADA (American Dental Association), publicada em 1995, as gestantes podem receber tratamento odontológico em qualquer fase da gestação. Tratamentos como infecções de boca e até mesmo uma limpeza periodontal, são menos agressivos ao bebê do que o aumento de mediadores inflamatórios (as prostaglandinas) que induzem partos prematuros.

Quando o tratamento odontológico não é urgente, recomenda-se iniciar no 2º trimestre da gestação. No momento de uma urgência, é necessário atendimento imediato para poder dar conforto a mãe.

ao contrário que a grande maioria acredita, aquelas radiografias periapicais (pequenas que são feitas no consultório do dentista) tem uma radiação tão pequena que não causam danos ao bebê que ainda está em formação, ao contrário do que se imagina. Segundo a literatura.

Apesar de estudos de 1968 já corroborarem com esta afirmação ainda é necessário usar o avental de chumbo, prestar atenção para que o raio X esteja regulado para um menor tempo de exposição e evitar ao máximo as repetições.bocagravidez05-06-13Durante a gravidez há mudanças de hábitos alimentares. Por isto, deve-se ter um maior cuidado com a higiene bucal. O flúor contido no creme dental e no enxaguatório bucal são recomendados e passar no dentista para uma limpeza profissional se faz necessário para uma boa qualidade de saúde bucal durante o período gestacional.

Em caso de tratamentos que necessitem de anestesia, essas devem ser administradas somente em caso de necessidade. De preferencia utilizamos a LIDOCAÍNA com adrenalina e nor-adrenalina (vasoconstritores)

A prescrição de medicamentos deve ser indicada somente em casos de necessidade e sempre em conjunto com o(a) obstetra que acompanha a gestação.

Gestantes com dor de dente, pode adiantar o parto (prematuro) colocando risco para a criança, portanto, deve ser atendida o mais rápido possível.

E como sempre costumo dizer: “Gestação não é doença, por isto a gestante pode sim receber tratamento”

Grávidas devem redobrar os cuidados com higiene bucal

As grávidas sonham com uma gestação tranquila, perfeita. Por isso, durante o pré-natal, seguem a risca as indicações do ginecologista. Fazem os exames. Além disto, os pais já vão montando o quartinho do bebê, providenciando as roupinhas e os brinquedinhos. Principalmente se for o primeiro filho.

gestação04gravidezfioSó que não menos importante, é a saúde bucal da mãe…e do pai também! O acompanhamento odontológico previne alguns problemas durante a gestação, como o nascimento do bebê abaixo do peso, nascimento prematuro, entre outras.

A secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, fez um levantamento e notou que pelo menos 50% das gestantes tinham problemas bucais (cáries e gengivite).

Importante ressaltar que a gravidez não gera cáries, nem enfraquece os dentes. Não existe transferência de cálcio e minerais dos dentes da mãe para o bebê. Isto é um mito. Durante a gravidez, as gestantes passam por mudanças no estilo de vida e isto acaba influenciando o cuidado com a higiene oral. Além dos enjôos, vômitos, podem prejudicar os dentes, dificultando a escovação, favorecendo a formação de placa bacteriana. É interessante usar enxaguatórios bucais durante este período. Ajuda a manter a higiene, além de melhorar o gosto que fica na boca.

A alteração hormonal que a gestante sofre durante a gravidez, faz com que a gengiva periférica ao dente, fique com suas fibras flácidas, facilitando o acesso de bactérias provocando assim, a gengivite.

O período ideal de uma gestante procurar um dentista para executar o controle da placa bacteriana e orientação nos cuidados, é entre o terceiro e quinto mês.

Manutenção e higienização bucal em portadores de implantes osseointegráveis

A manutenção e a higienização bucal dos indivíduos portadores de implantes osseointegráveis merecem atenção especial.

01implantecasalO descuido pode comprometer e fazer com que implantes sejam perdidos. Por isso, muita atenção:

Um conjunto de técnicas e meios devem ser empregadas para manter a saúde dos tecidos gengivais.

Os tecidos que envolvem os implantes, apresentam suscetibilidade à infecção quando placas bacterianas se acumulam ao redor deles. Surge assim, um aumento do volume do tecido gengival com sensibilidade dolorosa ao toque e conseqüente sangramento.

Porém, se um tratamento específico for realizado, o processo inflamatório torna-se reversível.

Em estágios mais avançados, os tecidos ósseos também podem ser afetados, resultando em perda do implante.

A manutenção deve ser orientada de forma individualizada e de acordo com a complexidade de cada caso. A escovação correta é indispensável para uma dentição saudável, pois remove a placa bacteriana que se deposita na superfície dos dentes (implantes), nos espaços entre a gengiva e os dentes (implantes), agindo na prevenção de cáries e doenças da gengiva.

Fio ou Fita Dental:

O uso do fio ou da fita dental auxiliam na remoção dos resíduos alimentares que ficam retidos entre os dentes. Depois de um certo tempo, forma-se a placa bacteriana. Esta por sua vez é a responsável por inflamar a gengiva (gengivite) e até iniciar a cárie dental. No caso dos implantes osseointegráveis, a presença da placa bacteriana pode levar a perda do mesmo.

protese-1024Adote o fio ou a fita dental sempre que escovar seus dentes ou, pelo menos, uma vez ao dia.

Importante: faça visitas periódicas ao seu dentista, pois a profilaxia realizada pelo profissional é mais abrangente e consiste na remoção de tártaros com curetas plásticas, polimento com pasta profilática de baixa abrasividade feito com escovas e taças de borracha.

O sucesso do tratamento dependerá da integração Profissional / Paciente para uma longevidade dos implantes osseointegráveis.

Molde 3D será sua próxima escova de dentes!!!

A última escova de alta tecnologia no mercado é um monstruoso, um FRANKENSTEIN retorcido preenchido com centenas de cerdas finas e, linhas em ziguezague de fio dental. Parece absolutamente aterrorizante, mas seu fabricante, Blizzident, diz que deve ter um nível revolucionário de eficiência, alegando que vai demorar apenas seis segundos para escovar corretamente os dentes quando se usa um.

Embora a perspectiva de colocar a escova de dentes com o mesmo nome da empresa na boca, pode parecer horrível. Blizzident diz que deve se encaixar perfeitamente, e isso realmente deve: suas escovas de dentes são todos feitos sob medida para formar precisamente a forma da boca de cada cliente. Os moldes são criados tomando uma varredura 3D dos dentes da pessoa, e depois modificar uma escova de dentes para se adequar ao seu redor. Em seguida, um 3D é impresso como um molde de plástico e incorporado com cerca de 400 cerdas.

E você? Acha que isto funciona?
Mande seu comentário aqui.

Os erros que prejudicam a saúde bucal – Parte VIII

Fazer bochechos com água quando não há tempo de escovar os dentes

A água pode ter um pH ácido e atrapalhar o trabalho da saliva. Para a remoção de detritos e restos de alimentos após as refeições, é melhor utilizar uma escova interdental ou fio dental. Na falta disto, ajuda um bochecho com enxaguatório bucal. Mas lembre-se, isto só deverá ser feito em ultimo caso e não para ser feito a todo momento.

Fonte: Saúde Abril

Esmalte sintético pode evitar obturação

A revista NATURE, divulga que cientistas japoneses desenvolveram um tipo de esmalte dental sintético.

Dizem esses cientistas que o esmalte sintético pode eliminar a necessidade da realização de pequenas restaurações nos dentes.

O esmalte sintético é feito de uma versão modificada de um material chamado hidroxiapatita. Por ser o esmalte dental um mineral e o principal componente presente nele ser a hidroxiapatita, esta versão modificada acaba sendo bem semelhante.

Os cientistas, em Tóquio, afirmaram que com este novo material, o uso do “motorzinho” se faz desnecessária. Normalmente, e realizada a remoção do tecido cariado com o auxílio de brocas diamantadas e após realizada a restauração.

Assim, fica mais simples, não acham?

Este material foi testado em dentes naturais que apresentavam sinais de deterioração. Puderam observar que o material “fundiu” com o revestimento natural dos dentes.

Além de curar a cárie, o produto também evita o surgimento de outras, pois fortalece o dente, afirmaram os cientistas.

Mas cuidado: Os cientistas ressaltam que este material exige um cuidado especial – a substância não deve entrar em contato com as gengivas, sob risco de causar uma inflamação.

Vale lembrar que esta descoberta não é uma cura para as doenças dos dentes e sim uma alternativa de tratamento e já se sabe a muito tempo que a deterioração, quando diagnosticada bem cedo, pode ser revertida por meio da aplicação de flúor e mantendo um PH neutro ou alcalino na boca.

Assegurar-se de que os dentes estão em um ambiente livre de ácido e escová-los duas vezes por dia com uma pasta de dente com flúor é um método simples e aprovado clinicamente para combater a deterioração precoce.

Por isso, mãos a obra. Vamos continuar escovando bem os dentes. Eles continuam agradecendo…

Abs

Dr. Querido