Dicas para uma escovação de dente perfeita

No Dicas para uma escovação de dente perfeitablog já falamos diversas vezes o quanto uma higienização bucal é essencial para ficar com a saúde em dia e um sorriso perfeito. Mesmo assim, nós acreditamos que reforçar esse tema nunca é demais.

E a melhor forma de manter a limpeza da sua boca é escovando muito bem os dentes. Por isso, nós montamos um passo a passo para você poder executar a escovação perfeita.

Mas você pode estar pensando: “nós escovamos os dentes todos os dias, claro que sabemos como fazer isso”. Só que, às vezes, podemos nos surpreender e perceber que não estamos fazendo da maneira correta.

Pergunta: quanto tempo dura sua escovação? Se for menos que dois minutos já temos o primeiro erro.

Os dentes devem ser escovados, no mínimo, três vezes por dia (após as refeições, antes de dormir e ao acordar). O fio dental tem que ser usado diariamente, pois é ele que ajuda a eliminar resíduos de alimentos que ficam em lugares que as cerdas das escovas não conseguem chegar.

PASSO A PASSO:Dicas para uma escovação de dente perfeita

  1. Escove as superfícies voltadas para a bochecha dos dentes superiores e, em seguida, dos inferiores;
  2. Escove as superfícies interna dos dentes superiores e, depois, dos inferiores;
  3. Escove as superfícies da mastigação;
  4. Escove a língua (é nela que muitas bactérias ficam alojadas e causam o mau hálito)

Pesquisadores querem aposentar ‘motorzinho’ do dentista

Estudo desenvolvido numa cooperação do Centro Nacional de Pesquisas Estratégicas do Nordeste (Cetene) traz grandes esperanças para quem tem horror ao motor do dentista usado no tratamento de cáries. Em vez do aparelho que rouba o sono de muitas crianças (e de adultos), pesquisadores testam uma fórmula com nanopartículas de prata – partículas 50 mil vezes menores do que a espessura de um fio de cabelo -, que tem ação bactericida.

Os trabalhos mostram que o produto foi capaz de interromper 85% dos processos de cárie uma semana depois da aplicação. É um resultado muito animador, sobretudo quando levamos em conta que o método pode ser aplicado fora da clínica.

Dental-HygienistFeito em colaboração entre Cetene, a Universidade Federal de Pernambuco e a Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Pernambuco, o trabalho avaliou 5,5 mil crianças no Estado. Do total, 2,2 mil tinham lesões nos dentes. Todas receberam a aplicação da fórmula. Para fazer o estudo, no entanto, foram levadas em consideração informações coletadas com 130 crianças. Não consideramos, por exemplo, aquelas que apresentavam cárie em estado muito avançado, com comprometimento nos dentes.

O grupo foi acompanhado durante um ano. Passado esse período, pesquisadores identificaram que dois terços das cáries continuavam inativas. O resultado é excelente. O processo de infecção foi interrompido e a recuperação foi identificada, com a remineralização dos dentes.

Bactericida

A prata iônica é conhecida há tempos por sua ação bactericida. Ela é usada, por exemplo, nas velas de filtros usadas para higienizar a água. No Japão, o produto já é usado para interromper a ação das cáries. O grande problema é que ela deixa os dentes enegrecidos.

dental_hygienist2A partir desta constatação, os pesquisadores decidiram usar partículas com dimensões de uma escala equivalente a um bilionésimo do metro, as nanopartículas. Os estudos mostraram que o produto feito a partir dessa tecnologia tem uma ação mais controlada. Ela mantém a ação bactericida, mas não provoca a escuridão nos dentes, pois o teor de prata é 600 vezes menor do que a formulação tradicional. A equipe que trabalha em cooperação com o Cetene, ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, concentra agora esforços no desenvolvimento de produtos para prevenção das cáries, feitos a partir das nanopartículas de prata. Em avaliação estão uma pasta de dente e um enxaguante bucal.
Fonte: Estado de São Paulo

Como cuidar dos dentes do meu bebê?

Os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos os pais devem conhecer.

Como devo cuidar dos dentes do meu bebê?

imagesOs bons cuidados bucais começam cedo na vida. Mesmo antes dos dentes do bebê nascerem, existem alguns fatores que podem afetar sua futura aparência e saúde. Por exemplo, a tetraciclina, um antibiótico comum, pode causar a descoloração ou manchas nos dentes. Por esta razão, não deve ser usada por mães que estão amamentando ou mulheres na segunda metade da gravidez.

Como os dentes do bebê geralmente nascem por volta dos seis meses de idade, não há razão para usar os procedimentos padrão da higiene bucal, ou seja, a escovação e o uso do fio dental. Mas, os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos os pais devem conhecer. Entre esses cuidados estão a prevenção das cáries causadas pelo uso da mamadeira e a certeza de que seu filho está recebendo um

a quantidade adequada de flúor.

O que são as cáries de mamadeira e como evitá-las?

carie-de-mamadeira-pode-ser-evitadaSão cáries causadas pela exposição freqüente a líquidos que contém açúcar, como o leite, as fórmulas comerciais preparadas para bebês e os sucos de fruta. Os líquidos que contém açúcar se acumulam ao redor dos dentes por longos períodos de tempo, enquanto seu bebê está dormindo, provocando as cáries, que primeiro se desenvolvem nos dentes anteriores, tanto da arcada inferior quanto da superior. Por esta razão, nunca deixe sua criança adormecer com a mamadeira de leite ou suco na boca. Ao invés disso, na hora de dormir, dê a ele uma mamadeira com água ou uma chupeta que tenha sido recomendada pelo seu dentista. Ao amamentar, não deixe o bebê se alimentar continuamente. E após cada mamada, limpe os dentes e as gengivas do seu bebê com um pano ou uma gaze umedecidos.

O que é o flúor? Como saber se meu bebê está recebendo a quantidade certa de flúor?

232dczzars1ux8mfc0d9ifstwO flúor faz bem mesmo antes de os dentes do seu filho começarem a aparecer. Ele fortalece o esmalte dos dentes enquanto estes estão se formando. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantidade de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você recebe em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que é colocada nela, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), fale com seu pediatra ou dentista sobre as gotas de flúor que podem ser administradas ao seu bebê diariamente. Se você usa água engarrafada para beber e para cozinhar, avise seu dentista ou médico. É possível que eles receitem suplementos de flúor para seu bebê.

Fonte: IG

Halitose ou Mau Hálito. Você tem?

É o termo cientifico para o mau hálito. É muito importante dizer que o mau hálito é um sintoma e não uma doença. Portanto revela que algo no organismo está em desequilíbrio e precisa ser tratado.

bad-breath-resized-600Existem mais de 60 causas para halitose. 90% dos casos são de origem bucal.

AS MAIS COMUNS:

Xerostomia (boca seca), Higiene bucal inadequada, Gengivite e periodontite (Inflamação gengival), próteses e restaurações mal adaptadas, saburra lingual entre outros.

Diabetes também contribui, Disfunção renal e hepática, carência de vitamina C

COMO TRATAMENTO;

Uma boa anamnese (questionário sobre a saúde geral do paciente), avaliação clínica, mensuração do hálito (medição do hálito através de aparelho).

A partir daí formamos o diagnóstico e elaboramos um plano de tratamento.

brushing-teeth-flossingCOMO PREVENIR:

Higiene bucal adequada: escovação dos dentes e da língua, fio dental e uso de antissépticos

Visitas regulares ao dentista

De açaí a chá: dez alimentos que mancham os dentes

Muito bom tomar um bom vinho em boa companhia, não é mesmo?! Num dia de calor, uma tigela de açaí vai muito bem também.

Nos dois casos, pode causar certo constrangimento pois o sorriso fica com a cor roxa.

Mas quando a saúde bucal está em dia, esta pigmentação some assim que a escovação é realizada.

Para que as manchas não fiquem permanentes, o segredo (que não é segredo nenhum) é a prevenção. Ir ao dentista de seis em seis meses para remover o tártaro é o passo principal. A placa bacteriana que fica aderida no dente é muito ácida e pode esbranquiçar o dente irreversivelmente. Este é o início da cárie.

woman-drinking-coffeeUma dica boa é fazer bochechos com água logo após ingerir alimentos mais pigmentados, como beterraba, vinho, açaí, chocolate, chá, café, molho de soja e refrigerantes. Melhor ainda é escovar os dentes devidamente para evitar o acúmulo de biofilme oral (placa bacteriana). Caso a higiene seja descuidada, o dente pode perder minerais. Quando isso acontece, o esmalte, barreira de proteção do dente, é danificado e se torna mais poroso, assim, a pigmentação pode aderir ainda mais e manchar os dentes.

Tanto a limpeza quanto o clareamento dental podem ajudar a amenizar essas manchas. A primeira opção é para casos em que o acúmulo de tártaro esteja amarelando os dentes. Já o clareamento age até em dentes amarelos causados pela idade ou tabagismo e outros agentes externos.

Skuteczne-Wybielanie-Zębów1Importante entender que manchado não é amarelado!!

Existe uma diferença entre dentes manchados e amarelados. Os alimentos não amarelam os dentes, apenas transferem sua pigmentação. Os responsáveis por deixar o dente amarelado são o tabaco e o envelhecimento da dentina.

Os principais dez alimentos que mancham os dentes são:

Café, Chá, Açaí, Beterraba, Vinho tinto, Molho de soja (shoyu), Catchup, Suco de uva, Blueberry (mirtilo), Refrigerante. Evite-os quando e se possível

Fonte: Terra Saúde Bucal

Antisséptico bucal, aumenta risco de câncer de boca se usado 3 vezes ao dia

Se você é aquela pessoa que usa antisséptico bucal mais de três vezes ao dia, então está na hora de rever este hábito.

Primeiro, por que motivo você faz bochechos TRÊS vezes ao dia???

article-1113422-0308B1E1000005DC-968_468x332De acordo com pesquisa da Faculdade de Odontologia da Universidade de Glasgow, na Escócia, o excesso do produto pode aumentar risco de câncer de boca e garganta. Os dados são do jornal Daily Mail.

Este resultado apoia um estudo australiano de 2009 que disse que havia “provas suficientes” de que enxaguantes bucais com álcool contribuem para um aumento da probabilidade da doença.

No novo levantamento, avaliaram 1.962 pacientes com câncer e 1.993 pessoas saudáveis ​​em 13 centros de nove países. Constatou-se também que aqueles com problemas de saúde oral, incluindo os com dentaduras e gengivas sangrando persistentemente, estavam em maior risco.

Então cuidado. Uso de antisséptico bucal com ÁLCOOL somado a alguma lesão em boca (pode ser até uma gengivite) pode causar câncer (a longo prazo, diga-se de passagem).

Os cientistas acrescentaram que pode haver uma ligação entre os bochechos excessivos e as pessoas que os utilizam para mascarar o cheiro de fumo e álcool, fatores de risco para o câncer oral.

Não aconselharia o uso rotineiro de antisséptico bucal. Para mim, tudo que é necessário, em geral, é uma boa escovação regular com creme dental com flúor e fio dental combinada com check-ups regulares por um dentista. Há ocasiões e condições para que um dentista prescreva um antisséptico bucal. Pode ser que um paciente tenha um baixo fluxo salivar por causa de uma condição particular ou medicamento que está tomando.

colluttorio

Gostou deste post? Então nos escreva dizendo sua opinião.

Grávidas devem redobrar os cuidados com higiene bucal

As grávidas sonham com uma gestação tranquila, perfeita. Por isso, durante o pré-natal, seguem a risca as indicações do ginecologista. Fazem os exames. Além disto, os pais já vão montando o quartinho do bebê, providenciando as roupinhas e os brinquedinhos. Principalmente se for o primeiro filho.

gestação04gravidezfioSó que não menos importante, é a saúde bucal da mãe…e do pai também! O acompanhamento odontológico previne alguns problemas durante a gestação, como o nascimento do bebê abaixo do peso, nascimento prematuro, entre outras.

A secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, fez um levantamento e notou que pelo menos 50% das gestantes tinham problemas bucais (cáries e gengivite).

Importante ressaltar que a gravidez não gera cáries, nem enfraquece os dentes. Não existe transferência de cálcio e minerais dos dentes da mãe para o bebê. Isto é um mito. Durante a gravidez, as gestantes passam por mudanças no estilo de vida e isto acaba influenciando o cuidado com a higiene oral. Além dos enjôos, vômitos, podem prejudicar os dentes, dificultando a escovação, favorecendo a formação de placa bacteriana. É interessante usar enxaguatórios bucais durante este período. Ajuda a manter a higiene, além de melhorar o gosto que fica na boca.

A alteração hormonal que a gestante sofre durante a gravidez, faz com que a gengiva periférica ao dente, fique com suas fibras flácidas, facilitando o acesso de bactérias provocando assim, a gengivite.

O período ideal de uma gestante procurar um dentista para executar o controle da placa bacteriana e orientação nos cuidados, é entre o terceiro e quinto mês.

Cárie de Mamadeira

Você já ouviu falar da “cárie de mamadeira“?

03mamadeiraPois é. Ela ocorre com as crianças que fazem uso da mamadeira, principalmente na hora de dormir, quando ingerem sucos, leite, etc.

Os açúcares residuais destes alimentos, formam a cárie. Durante o sono, sabe-se que a salivação diminui o que favorece a proliferação das bactérias, consequentemente, aumentando o risco de formação da cárie.
Para prevenir isto, é importante que os pais higienizem a boca dos pequenos a cada mamadeira.

A cárie que forma quando este cuidado não é tomado, é uma cárie que destrói muito o dente. Por isso é conhecida como a cárie de mamadeira.

Saiba quais são os erros mais comuns ao escovar os dentes

Colocar muita força:

fio-dentalAo contrário do que muita gente pensa, escovar os dentes com muita força é prejudicial. A força exercida sobre a escova dental, faz com as cerdas da escova se abram e portanto, perca sua eficiência. Outro fator é que a força exercida, pode machucar a gengiva e isto, repetidas vezes, causa a retração gengival.

Poucas pessoas sabem como fazer uma perfeita higiene da boca e escovar os dentes corretamente.

A cárie é a principal delas, mas a situação pode piorar com o tempo, caso não haja uma mudança no padrão adotado. É o caso das inflamações e infecções, que podem, inclusive, migrar para outras partes do corpo.

Escovar os dentes imediatamente após a refeição

Logo após a refeição, algumas pessoas seguem diretamente para o banheiro para escovar os dentes. Muito bem, a ideia é boa, porém vale ressaltar que o ideal é fazer um bochecho com água para provocar uma redução da acidez provocada pelos alimentos ingeridos. Somente após isto, realizar a escovação. Pode se esperar em torno de 20 a 30 minutos e então escovar os dentes, diminuindo assim, a acidez na boca.

Escovar rápido demais os dentes

Tem gente que escova os dentes ‘por obrigação’. Compreende a importância desse hábito diário saudável, mas é vencida pela preguiça e acaba escovando os dentes rapidamente, sem fazer uma boa limpeza. É importante saber que uma boa escovação dental não acontece em menos de dois minutos.

Não dar a mesma atenção a todos os dentes

Um comentário hilário: Quando me perguntam: “Dr. tenho que escovar todos os dentes?” Eu respondo: “Não, somente aqueles que você quer manter!” Hahahaha

Brincadeiras a parte, quando escovamos os dentes, devemos dar atenção a TODOS os dentes e TODAS as faces dos dentes. O fio dental é para ser usado entre TODOS os dentes. Só assim estamos garantindo uma boca saudável, livre de cáries.

5548dinossauro

Não enxaguar a boca o suficiente

Quando terminamos a escovação, é muito importante enxaguar, pois com o enxágue, você estará removendo partículas que se soltaram durante a escovação. Pode enxaguar com água fria antes e depois.

Descuidar da limpeza e da troca da escova

A escova dental é uma ferramenta fundamental para realizar a higiene oral. Por isso, ela deve ser mantida limpa e guardada longe de poeiras e vapores do banheiro. Se isto não é feito, uma colônia de bactérias irá colonizar esta escova. O momento da troca deve ser em torno de 4 vezes ao ano, ou seja, a cada 3 meses.

Essa capinhas divertidas servem bem para proteger as cerdas da sua escova dental.capa-escova-de-dente1

Molde 3D será sua próxima escova de dentes!!!

A última escova de alta tecnologia no mercado é um monstruoso, um FRANKENSTEIN retorcido preenchido com centenas de cerdas finas e, linhas em ziguezague de fio dental. Parece absolutamente aterrorizante, mas seu fabricante, Blizzident, diz que deve ter um nível revolucionário de eficiência, alegando que vai demorar apenas seis segundos para escovar corretamente os dentes quando se usa um.

Embora a perspectiva de colocar a escova de dentes com o mesmo nome da empresa na boca, pode parecer horrível. Blizzident diz que deve se encaixar perfeitamente, e isso realmente deve: suas escovas de dentes são todos feitos sob medida para formar precisamente a forma da boca de cada cliente. Os moldes são criados tomando uma varredura 3D dos dentes da pessoa, e depois modificar uma escova de dentes para se adequar ao seu redor. Em seguida, um 3D é impresso como um molde de plástico e incorporado com cerca de 400 cerdas.

E você? Acha que isto funciona?
Mande seu comentário aqui.