Conheça 10 mentiras que contam sobre saúde bucal

http://saude.terra.com.br/saude-bucal/atualidades/10-mentiras-que-contam-sobre-saude-bucal,3a2cb9f5bd96dbaa220ea569d3e0a48eaxlwcbnn.html

1 – A perda dos dentes é consequência natural do envelhecimento.
MITO! A perda dentária é consequência de doenças gengivais maltratadas, traumas e composição genética. Com tratamento de prevenção é possível chegar à terceira idade com todos os dentes na boca.

dental-implants-costa-rica-treatment2 – O uso de implantes ou próteses totais (dentadura) não precisam de controle periódico no dentista.
MITO! Os implantes dentários precisam da mesma manutenção gengival e descontaminação semestral dos dentes. Pacientes com próteses também devem fazer visitas regulares para avaliação da adaptação e dos tecidos moles, como gengivas e bochecha.

3 – Não vou ao dentista porque não sinto dor.
MITO! A ausência de dor infelizmente, não significa ausência de problemas bucais. A doença periodontal, por exemplo, que é a inflamação gengival, não costuma doer, a não ser em casos já avançados.

4 – Bebês que ainda não têm dentes não precisam fazer higiene oral.
MITO! Mesmo sem dentes é importante que os pais façam limpeza da gengiva e região com uma gaze umedecida.

5 – Mau hálito é problema de estômago.
MITO! O mau hálito pode ter origem local, sistêmica ou ainda ser causada pelos dois fatores associados. Problemas estomacais como gastrite ou úlcera não provocam mau hálito. Em geral, o mau hálito é provocado por problemas decorrentes de higiene oral malfeita ou infecção nas vias aéreas superiores.

article-1113422-0308B1E1000005DC-968_468x3326 – Tudo bem, de vez em quando, usar apenas antisséptico oral em vez de escovar os dentes.
MITO! Uma boa higiene depende principalmente de escova e fio dental. Os antissépticos são coadjuvantes, mantendo o hálito puro e refrescante por mais tempo. Dê sempre preferência a um produto que não contenha álcool.

7 – O clareamento dental caseiro ou com aplicação de laser desgasta a estrutura do esmalte dos dentes.
MITO! O processo de clareamento atua nas partículas que colorem o dente sem provocar qualquer tipo de desgaste ou dano à estrutura dentária.

8 – O herpes labial pode ser mais rapidamente curada com o uso de pomadas específicas.
MITO! Geralmente o vírus do herpes precisa cumprir seu ciclo de 7 a 14 dias, independentemente do uso de medicação, a não ser que sua presença seja detectada logo no 1º dia de manifestação. Neste caso, teremos o processo de cura e cicatrização acelerado.

9 – Restaurações em resina tem maior possibilidade de fratura e infiltração que restaurações em amálgama.
MITO! Hoje, contamos com resinas resistentes e preparadas para receber grandes esforços mastigatórios, que não deixam a desejar em nada em termos de resistência e adaptação para as antigas restaurações metálicas.

10 – Próteses removíveis desgastam e estragam os dentes com o tempo.
MITO! Isso não acontece desde que estejam bem adaptadas, feitas dentro da técnica adequada e com correta escovação diária.

Crianca-no-dentista11 – Se o dente de leite do meu filho não cair sozinho, não devo me preocupar com ele.

MITO! Os dentes de leite, ou decíduos, são temporários e servem como guia para a erupção dos permanentes. Sempre que houver qualquer dúvida por parte dos pais, um odontopediatra deve ser consultado.

12 – Todos temos que remover os sisos antes mesmo que eles nasçam.
MITO! Os sisos só devem ser removidos quando for detectada a ausência de espaço para eles ou se seu nascimento implicar em mal posicionamento dos demais elementos.

13 – Quanto maior e mais dura for a escova dental, melhor é a limpeza.
MITO! Na realidade, a escova dental deve ser pequena ou média para alcançar qualquer região da nossa boca. Deve também ter cerdas macias para não machucar a gengiva.

Mitos e Verdades Sobre Clareamento Dental

Clareamento enfraquece o dente.
Isto é um mito. O clareamento nada mais é que uma reação química do Peróxido sobre as manchas superficiais dos dentes. Em forma de gel, o clareador age diretamente no pigmento. Esse processo não é abrasivo e também não afeta a estrutura dos dentes.

Qualquer pessoa pode fazer clareamento.
Em parte é verdade. Em alguns casos este tipo de tratamento não tem indicação como em mulheres grávidas, crianças menores de 15 anos com o esmalte ainda não completamente formado, pacientes que apresentam doença periodontal, dentes restaurados com resinas ou cerâmicas, pacientes alérgico aos componentes da fórmula e pacientes com retração gengival. Dos outros, todos podem fazer o clareamento dental.

IMG_3813Clareamento deixa os dentes sensíveis.
Em parte. Alguns pacientes relatam apresentar sensibilidade durante ou após o tratamento. O Peróxido (agente clareador) pode penetrar em trincas, retrações, desgastes dentais onde expõem a dentina e às vezes causar sensibilidade temporária. Esta penetração no tecido da polpa pode causar uma inflamação, causando a dor.

Os dentes escurecem com o passar dos anos.

Esta é uma verdade. O efeito do clareamento dental tem duração variada, mas na maioria das vezes a cor “satisfatória” pode ficar de um a três anos. Tudo depende da dieta e cuidados que o paciente tem após o clareamento dental realizado. Pessoas com uma exposição alta a agentes cromogênicos como o café e chá, por exemplo, necessitam de um tratamento de reforço a cada ano ou até a cada seis meses. Para pessoas que tem uma exposição menor às substâncias que causam manchas, esses retoques são menos frequentes.

Cremes dentais funcionam como clareadores.
Mito. O marketing das grandes empresas de produtos de higiene oral, imprimem uma ideia que não é uma verdade. Os cremes dentais “branqueadores” não possuem agentes ativos do clareamento dental. Os Peróxidos de Hidrogênio, ou de Carbamida. Possuem sílicas (esferas muito pequenas brancas que preenchem os “poros” dos dentes, dando a sensação de branqueado. Ao parar de usar o produto, este produto vai sainda e vai se perdendo a sensação de branqueado. O problema é que por serem abrasivos, apesar de removem manchas externas e dão a impressão de dentes mais brancos, também criam uma abrasão que não tem retorno mais. Desgasta-se os dentes.

Durante o clareamento não pode ingerir bebidas e alimentos com corantes.
Verdade. Durante o período de tratamento, alguns alimentos, bebidas ou produtos devem ser evitados, pois podem interferir no resultado final do tratamento. Não que o corante do alimento vá manchar o dente, mas a durabilidade da cor alcançada com o clareamento poderá ser reduzida.

Pesquisadores querem aposentar ‘motorzinho’ do dentista

Estudo desenvolvido numa cooperação do Centro Nacional de Pesquisas Estratégicas do Nordeste (Cetene) traz grandes esperanças para quem tem horror ao motor do dentista usado no tratamento de cáries. Em vez do aparelho que rouba o sono de muitas crianças (e de adultos), pesquisadores testam uma fórmula com nanopartículas de prata – partículas 50 mil vezes menores do que a espessura de um fio de cabelo -, que tem ação bactericida.

Os trabalhos mostram que o produto foi capaz de interromper 85% dos processos de cárie uma semana depois da aplicação. É um resultado muito animador, sobretudo quando levamos em conta que o método pode ser aplicado fora da clínica.

Dental-HygienistFeito em colaboração entre Cetene, a Universidade Federal de Pernambuco e a Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Pernambuco, o trabalho avaliou 5,5 mil crianças no Estado. Do total, 2,2 mil tinham lesões nos dentes. Todas receberam a aplicação da fórmula. Para fazer o estudo, no entanto, foram levadas em consideração informações coletadas com 130 crianças. Não consideramos, por exemplo, aquelas que apresentavam cárie em estado muito avançado, com comprometimento nos dentes.

O grupo foi acompanhado durante um ano. Passado esse período, pesquisadores identificaram que dois terços das cáries continuavam inativas. O resultado é excelente. O processo de infecção foi interrompido e a recuperação foi identificada, com a remineralização dos dentes.

Bactericida

A prata iônica é conhecida há tempos por sua ação bactericida. Ela é usada, por exemplo, nas velas de filtros usadas para higienizar a água. No Japão, o produto já é usado para interromper a ação das cáries. O grande problema é que ela deixa os dentes enegrecidos.

dental_hygienist2A partir desta constatação, os pesquisadores decidiram usar partículas com dimensões de uma escala equivalente a um bilionésimo do metro, as nanopartículas. Os estudos mostraram que o produto feito a partir dessa tecnologia tem uma ação mais controlada. Ela mantém a ação bactericida, mas não provoca a escuridão nos dentes, pois o teor de prata é 600 vezes menor do que a formulação tradicional. A equipe que trabalha em cooperação com o Cetene, ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, concentra agora esforços no desenvolvimento de produtos para prevenção das cáries, feitos a partir das nanopartículas de prata. Em avaliação estão uma pasta de dente e um enxaguante bucal.
Fonte: Estado de São Paulo

Como cuidar dos dentes do meu bebê?

Os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos os pais devem conhecer.

Como devo cuidar dos dentes do meu bebê?

imagesOs bons cuidados bucais começam cedo na vida. Mesmo antes dos dentes do bebê nascerem, existem alguns fatores que podem afetar sua futura aparência e saúde. Por exemplo, a tetraciclina, um antibiótico comum, pode causar a descoloração ou manchas nos dentes. Por esta razão, não deve ser usada por mães que estão amamentando ou mulheres na segunda metade da gravidez.

Como os dentes do bebê geralmente nascem por volta dos seis meses de idade, não há razão para usar os procedimentos padrão da higiene bucal, ou seja, a escovação e o uso do fio dental. Mas, os bebês têm necessidade de cuidados bucais especiais que todos os pais devem conhecer. Entre esses cuidados estão a prevenção das cáries causadas pelo uso da mamadeira e a certeza de que seu filho está recebendo um

a quantidade adequada de flúor.

O que são as cáries de mamadeira e como evitá-las?

carie-de-mamadeira-pode-ser-evitadaSão cáries causadas pela exposição freqüente a líquidos que contém açúcar, como o leite, as fórmulas comerciais preparadas para bebês e os sucos de fruta. Os líquidos que contém açúcar se acumulam ao redor dos dentes por longos períodos de tempo, enquanto seu bebê está dormindo, provocando as cáries, que primeiro se desenvolvem nos dentes anteriores, tanto da arcada inferior quanto da superior. Por esta razão, nunca deixe sua criança adormecer com a mamadeira de leite ou suco na boca. Ao invés disso, na hora de dormir, dê a ele uma mamadeira com água ou uma chupeta que tenha sido recomendada pelo seu dentista. Ao amamentar, não deixe o bebê se alimentar continuamente. E após cada mamada, limpe os dentes e as gengivas do seu bebê com um pano ou uma gaze umedecidos.

O que é o flúor? Como saber se meu bebê está recebendo a quantidade certa de flúor?

232dczzars1ux8mfc0d9ifstwO flúor faz bem mesmo antes de os dentes do seu filho começarem a aparecer. Ele fortalece o esmalte dos dentes enquanto estes estão se formando. Muitas empresas de distribuição de água adicionam a quantidade de flúor adequada ao desenvolvimento dos dentes. Para saber se a água que você recebe em casa contém flúor e qual a quantidade de flúor que é colocada nela, ligue para a empresa de distribuição de água no seu município. Se a água que você recebe não tem flúor (ou não contém a quantidade adequada), fale com seu pediatra ou dentista sobre as gotas de flúor que podem ser administradas ao seu bebê diariamente. Se você usa água engarrafada para beber e para cozinhar, avise seu dentista ou médico. É possível que eles receitem suplementos de flúor para seu bebê.

Fonte: IG

Série de esculturas coloridas mostra o que está acontecendo com o plástico que jogamos fora

O artista multimídia Alejandro Durán nasceu na Cidade do México e vive no Brooklyn, em Nova York (EUA). Uma temática bastante retratada em seus trabalhos é a intervenção humana na natureza, como essa série de esculturas que ele criou e fotografou, num projeto intitulado Washed Up.

escultura10Em meio as verdejantes margens da reserva Sian Ka’an, no México, Durán se deparou com incontáveis montes de lixo plástico – vindo dos seis continentes que habitamos. Declarada patrimônio mundial pela UNESCO em 1987, a reserva chamada de “Origin f the Sky” (Origem do Céu) é dona de uma incrível variedade de plantas, aves, animais terrestres e marinhos. Embora sua região costeira seja protegida pela UNESCO, ela está sendo devastada por quantidades gigantescas de lixo do mundo todo que chegam através das ondas do mar.

escultura9escultura2Esse plástico não pode ser reciclado devido à exposição prolongada à água do mar. Os resíduos tóxicos deste se diluem na água, consumida por animais marinhos, e chegando para nós também. Durán, então, recolheu o lixo plástico e passou a compor esculturas, imagens coloridas em meio à natureza.

 

escultura3

Dependendo do local de construção e apuração do material, o artista levou cerca de 10 dias para criar uma escultura. Ele considera este processo de trabalho semelhante a pintura: o pigmento é substituído por lixo e a tela pela paisagem.

“Eu acho que estamos apenas começando a ver os danos que estamos causando aos nossos ecossistemas marinhos e a nós mesmos“, adverte o artista.

Fonte: hypeness

Guia de etiqueta ajuda quem usa aparelho a viver sem crise

Somente quem usa aparelho ortodôntico sabe que eles precisam de cuidados especiais. Desde a higienização, armazenamento, uso e até mesmo na alimentação.

Muitas pessoas não sabem que quem faz esse tipo de tratamento também precisa seguir algumas regras de etiqueta para não passar vergonha. Para ajudá-los, segue um guia com dicas e curiosidades para tornar a vida desses pacientes menos complicada.

  • Para quem é usuário de aparelho fixo, evite alguns alimentos, principalmente os fibrosos, pois estes tendem a ficar presos mais facilmente.
  • Procure ter sempre em mãos um kit portátil de higiene oral. Ajuda na limpeza logo após o consumo de alimentos que ficam presos e pode evitar algum tipo de constrangimento antes de um encontro ou reunião. Ninguém gosta das pessoas que não se cuidam. Ainda mais a higiene oral!

1354218931.6251Mas, caso alguma comida fique presa no aparelho durante a reunião ou encontro, nunca tente tirá-la na frente das pessoas. Pedir licença para ir ao banheiro é sempre a melhor opção. Aliás, sempre que acabar de comer, vale dar uma checada se está tudo certo com seu aparelho.

 

  • Muitas pessoas que usam aparelho móvel têm mania de ficar “brincando” com eles na boca. Se você se enquadra nesse grupo, pare com isso. Esse hábito pode causar desconforto em quem assiste sua diversão bucal.
  • Caso seu aparelho seja mal higienizado, com certeza irá causar mau hálito. No caso dos móveis, pode-se usar o creme dental com a escova. Existem também pastilhas efervescentes que ajudam a remover a placa bacteriana que adere ao aparelho de acrílico.
  • Pode-se colocar o aparelho depois de limpo por alguns minutos dentro de um copo contendo qualquer enxaguatório bucal sem álcool diluído em água (meio a meio). Ajuda a dar mais frescor.
  • upper-lingual1A escova interdental é muito boa para higienizar os dentes de quem usa aparelho fixo. Um pouco mais difícil de usar, o fio dental deve completar a higiene dentária.
  • Pra quem gosta dos elásticos coloridos nos aparelhos fixos, ele tinge menos que os elásticos transparentes ou claros. A única vantagem desse tipo de cor é que ela torna o uso do aparelho mais discreto.

Fonte: Terra Saúde

As sutilezas e intenções dos sorrisos

O que é um sorriso? É muito mais do que uma expressão alegre: é um ímã social, um medidor de confiabilidade, um dispositivo para difusão da raiva, um caminho para laços interpessoais desgastados, e um lubrificante para manter laços sociais em boas condições de funcionamento.

Tudo isso? Talvez por tamanhas boas características, o puxar dos cantos da boca para cima seja a expressão facial mais reconhecida do mundo.

Quem explicou tudo isso foi Marianne LaFrance, professora de psicologia da Universidade Yale, EUA, que investiga a ciência por trás do sorriso e seu efeito sobre política, trabalho, relacionamentos, e cultura.

Sorriso1-Small-e1315924251633Apesar do sorriso muitas vezes sinalizar felicidade, também pode transmitir uma gama de outras emoções, de diversão e constrangimento ao desprezo e decepção.

Há ainda diferenças de gênero no ato de sorrir: estudos sugerem que meninas e mulheres sorriem em média mais que meninos e homens.

Segundo LaFrance, uma razão para isso pode ser biológica. Pesquisadores descobriram que o músculo primário do sorriso, conhecido como zigomático maior, é mais grosso em mulheres do que em homens.

O que eles ainda não sabem, entretanto, é se as mulheres nascem com um músculo do sorriso mais bem-dotado e por isso o usam mais cedo, ou se o músculo engrossa porque elas o usam mais.

people-group-smilingUma segunda explicação poderia ser profissional: as mulheres ocupam mais serviços do setor de empregos como enfermeiras, professoras, assistentes de voo, na qual elas podem ser obrigadas a sorrir mais.

Mas há alguma evidência de que homens nestas profissões sorriem a mesma quantidade. Talvez ambos os sexos reconheçam que sorrir gera mais gorjeta!

Embora os sorrisos normalmente lancem um brilho positivo, nem todos podem ser tomados pelo seu valor nominal: eles têm um lado bom – o prazer de um pai ao ver o primeiro sorriso do bebê -, e um lado negro – um sorriso de duas faces em que a agradabilidade camufla os verdadeiros sentimentos de uma pessoa.

Outra desvantagem é que um sorriso pode ser uma grande máscara, e podemos ser facilmente ser enganados por um. Golpistas costumam usar um sorriso para entrar em nossas boas graças, e psicóticos os usam para parecerem encantadores. “Sorrir é um método que usamos para obter o que queremos, quando outras abordagens diretas não funcionam”, explica LaFrance.

Aqui estão outros fatos interessantes sobre sorrisos:

  • Os psicólogos sociais consideram o sorriso uma expressão facial padrão para as mulheres, e impassibilidade como a exibição de costume facial para os homens.
  • Os sorrisos tipicamente britânicos exibem tanto os dentes superiores quanto os inferiores, enquanto os americanos principalmente expõem seus dentes superiores.
  • sorrisofalsoUm estudo descobriu que os sorrisos falsos ou deliberados são, em média, 10 vezes maiores do que sorrisos genuínos, provavelmente porque os falsos são feitos para serem vistos.
  • Nos EUA, o emoticon feliz típico é : – ), e o triste : – (. Isso porque os americanos tendem a se concentrar na parte inferior do rosto para expressar emoções. Mas a atenção dos japoneses vai também para os olhos. Sendo assim, (^ _ ^) quer dizer feliz, e (;_;) significa triste.

Interessante não?!

Conte-nos o que achou deste post? Nos escreva.

Implantes Dentários e a qualidade de vida do paciente

A qualidade da saúde bucal é fundamental para a realização de ações simples, porém
essenciais, como sorrir, comer e conversar. O edentulismo (ausência de dentes) compromete a saúde física, emocional e até mesmo o convívio social do paciente. A autoestima e até mesmo a qualidade de vida são comprometidas se houver a perda de um dente.
AAID_Fig1_colorCom os avanços na Odontologia os tratamentos com implantes dentários e próteses
fixas sobre eles tem se tornado a melhor opção para o paciente. Tanto as próteses fixas, que requerem um grande desgaste de dentes saudáveis, quanto as próteses móveis ou removíveis, estão cada vez menos sendo utilizadas.
Uma boa mastigação é a primeira etapa para uma correta alimentação. A perda de um
ou mais dentes prejudica esse processo, pois acarreta em dificuldade de mastigar alguns
alimentos. Sendo assim, o paciente opta por alimentos mais fáceis de mastigar, como
carboidratos e alimentos ricos em gorduras e açucares, não conseguindo suprir seu organismo com os nutrientes necessários para ter uma vida mais saudável. Os implantes dentários com as próteses fixas sobre eles suprem essa ausência pois possuem uma estrutura muito semelhante aos dentes naturais.
Dental-Implants-in-detailAlém disso, os implantes dentários suprem a necessidade estética do paciente,
devolvendo a possibilidade de voltar a realizar os gestos mais simples, como sorrir, falar e se relacionar.
Portanto, através dos implantes dentários conseguimos devolver ao paciente a
qualidade de vida e a autoestima que são perdidas com a falta de elementos dentários.

Um abraço

Dra. Fabíola Massuda