Outubro Rosa: o mês da prevenção feminina

O tipo de câncer mais comum entre mulheres no mundo inteiro é o de mama. E a doença,Outubro Rosa: o mês da prevenção feminina quando diagnosticada precocemente, tem até 95% de chance de ser curada.

Foi com o objetivo de alertar e conscientizar sobre o problema que nasceu, em 1997, nos Estados Unidos, o movimento Outubro Rosa aderido, posteriormente, de forma global. O laço cor de rosa é o símbolo da campanha.

A primeira ação brasileira aconteceu no ano de 2002, em São Paulo, quando o Obelisco do Ibirapuera foi iluminado com uma luz rosa. A partir de então, outras cidades brasileiras adotaram a ideia.

Além da grande mobilização no mês de outubro, os governos estaduais promovem, durante o ano, o mutirão da mamografia (exame capaz de detectar tumores em estágio inicial).

Um estudo realizado anualmente pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) mostrou que, nOutubro Rosa: o mês da prevenção femininao Brasil, são esperados 57.960 novos casos em 2016. Um aumento de 840 em comparação com o ano anterior.

Toda mulher com mais de 40 anos deve fazer o exame preventivo anualmente e, em caso de câncer de mama na família – mãe, tias, avós – o ideal é começar o monitoramento aos 35 anos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *