O que você precisa saber sobre o câncer de boca

A taxa de pessoas afetadas pelo câncer bucal aqui no Brasil tem crescido e, a cada ano, são registrados, aproximadamente, 14 mil novos diagnósticos. A doença é silenciosa e, na mO que você precisa saber sobre o câncer de bocaaioria das vezes, só é descoberta em um estágio avançado. Acontece que, se descoberto em fase inicial, o câncer de boca tem até 100% de chance de cura.

O problema atinge mais os homens e, aproveitando o movimento Novembro Azul (que tem o objetivo de conscientizar a população sobre as doenças masculinas) nós fizemos um resumo do que você precisa saber sobre o assunto.

O QUE É

É um tumor maligno que atinge a boca e parte da garganta e pode se desenvolver nos lábios, mucosas, gengivas, céu da boca, língua, amígdala e glândulas salivares.

CAUSAS

O cigarro e o álcool contribuem diretamente para o desenvolvimento do câncer bucal. Quem fuma e bebe excessivamente tem o maior risco de desenvolver a doença.

FATORES DE RISCO

Pessoas com mais de 40 anos que tenham o hábito de fumar e consumir álcool excessivamente são propícios à doença. A má higiene oral e o uso de próteses dentárias mal-adaptadas também podem ser fatores de risco.

SINTOMAS

O câncer de boca se manifesta em forma de feridas na boca ou no lábio que não cicatrizam, dor de garganta que não melhora, manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na parte interna da boca ou lábios. Em casos mais avançados é possível aparecer caroços no pescoço, perda de peso, dificuldade em falar ou engolir e mau hálito.

TRATAMENTO

O tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia e métodos terapêuticos. Nas lesões iniciais, a cirurgia e a radioterapia apresentam bonsO que você precisa saber sobre o câncer de boca resultados.

PREVENÇÃO

Para diminuir o risco de ter um tumor maligno na boca é essencial reduzir ou evitar o consumo de álcool e fumo. Fazer corretamente a higiene bucal e ter uma alimentação balanceada e rica em frutas, legumes e verduras.

E não se esqueça: fazer visitas regulares ao dentista também é uma forma de prevenção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *