Hábitos que arruínam a saúde bucal

Todos nós temos algum hábito, não é verdade? E com o dia a dia é comum que eles passem despercebidos deHábitos que arruínam a saúde bucal tão automáticos. Mas, às vezes, eles podem trazer riscos, principalmente quando estão ligados à saúde bucal.

Para te ajudar a reconhecer e evitar essas ‘manias’ nós fizemos uma lista dos principais hábitos. Será que você tem algum?

Confira:

ROER UNHA

Algumas pessoas, principalmente as mais ansiosas, costumam roer as unhas. Acontece que esse hábito traz perigos invisíveis para a nossa saúde. Isso porque, nossas mãos não estão limpas o tempo todo e levá-las até a boca significa, também, carrega vírus e bactérias para o nosso organismo. Além disso, é possível trincar ou fraturar o esmalte dos dentes ou causar a recessão gengival (quando a gengiva desce expondo a raiz do dente e provocando sensibilidade).

BEBIDA ISOTÔNICA (EM EXCESSO)

Nós já falamos aqui no blog que os isotônicos, muito consumida por amantes dos esportes, podem trazer malefícios para saúde e para os dentes se ingerida em excesso. Estudos recentes indicam que os níveis de ácido encontrado nessas bebidas são elevados e podem levar a erosão da superfície dos dentes, prejudicando o esmalte e a aparência deles. Esse problema também pode aumentar a sensibilidade dental.

MÁ ESCOVAÇÃO

Muita gente não dá a devida importância a esse hábito diário que devemos ter com a nossa boca. Por motivo de preguiça ou, até mesmo, falta de paciência as pessoas costumam escovar os dentes rapidamente e acabam fazendo a higienização da forma errada. Uma boa escovação não leva menos que dois minutos.

MASTIGAR OBJETOS (TAMPAS DE CANETA, PONTAS DE LÁPIS)

Acredito que a maioria dos estudantes já se pegou mordendo a tampiHábitos que arruínam a saúde bucalnha da caneta ou a ponta do lápis durante a aula, né? Acontece que esse hábito pode até parecer indefeso, mas aumenta a chance de quebrar a ponta de nossos dentes, restaurações e próteses, além dos objetos serem sujos, ou seja, podem trazer contaminações impossíveis de serem vistos a olho nu. A repetição da mordida desgasta o dente mais rapidamente.

NÃO TROCAR AS ESCOVAS DE DENTE A CADA 90 DIAS

Toda escova de dente tem prazo de validade, por isso é preciso trocá-las a cada três meses. Com o tempo as cerdas ficam desgastadas e não conseguem realizar a limpeza necessária, podendo até traumatizar a gengiva. Também é recomendado substituí-las em caso de gripe ou infecções para evitar reinfecções.

PALITAR OS DENTES

Além de não ser educado, palitar os dentes retira apenas alguns resíduos de alimentos, causando uma falsa sensação de limpeza. Mas o hábito também pode ser responsável pela inflamação gengival e periodontite. Os palitos não são recomendados pelos dentistas e não podem substituir o fio dental.

BEBER POUCA ÁGUA

Beber água é essencial para manter nosso corpo saudável e ela é a nossa maior fonte de alimentação. Além de todos os benefícios, ela também tem a capacidade de lavar nossa boca – impedindo concentrações de bactérias – e livrar nosso corpo da acidez de alguns alimentos e do açúcar que consumimos.

FUMAR

Acredito que todo mundo já sabe o mal que o cigarro faz, não só para a nossa boca, mas também para toda a saúde. O fumo deixa os dentes amarelados e o cigarro é o principal causador de câncer na boca, garganta, laringe e faringe.

E aí, se identificou com algum?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *