A importância do Ômega 3 na saúde bucal

Ômega 3 são ácidos gordurosos poliinsaturados, no caso a chamada ‘gordura boa’, e a ingestão auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim LDL, além de favorecer o aumento do colesterol bom HDL.

Os pesquisadores adoram dizer que o Ômega 3 tem também um ótimo poder contra as doenças cardiovasculares, câncer e algumas doenças inflamatórias.

E é verdade!

Podemos encontrar o Ômega 3 nos frutos do mar, só que em doses menores. Por isso, de vez em quando saboreie camarões, lagostas e mariscos.

Os peixes de água fria, como o salmão, o atum, a sardinha e a truta, são os campeões do ácido graxo badalado. Isso porque, nas correntezas gélidas e profundas, alimentam-se de algas que contêm os precursores dessa gordura. A maioria das amêndoas e dos óleos de origem vegetal, como os de canola, soja, girassol e milho, é carregada de gorduras poliinsaturadas. Embora contenham um pouquinho de ômega-3, eles chamam a atenção mesmo pela riqueza em ômega-6.

O Ômega 3 evita a perda óssea e é indicado principalmente para pessoas que possuem o risco de ter osteoporose. Juntamente com o uso da Vitamina D, o risco de se ter osteoporose diminui.

A ingestão de doses elevadas deste ácido graxo também é indicada para reduzir depressão, melhorar a parte cardiovascular e prevenir diversos tipos de doença. Segundo estudos, o Ômega 3 tem um efeito protetor para a saúde do coração e são importantes para a função e desenvolvimento do cérebro, além de desempenhar importante papel em alergias e processos inflamatórios. Dentre os problemas bucais como a periodontite, seus benefícios são destacados.

Por isso uma dieta alimentar balanceada é importante para a saúde como um todo.

Compartilhe:

Bocão Sexy

Pra muitas pessoas, a atriz Angelina Jolie é considerada o padrão ideal de beleza.

Não é para menos, tem um corpo bem definido, cabelos longos e brilhantes, rosto marcante e, claro, lábios sensuais e carnudos. Mas engana-se quem pensa que este tipo de boca é sinônimo de sensualidade somente agora. Já nos anos 60, Brigitte Bardot também fazia muito sucesso!
Já foi-se o tempo em que ter lábios grossos era privilégio de quem tem ascendência negra ou indígena. Hoje em dia existem cirurgias para quem quer um resultado permanente, tratamentos estéticos para quem quer exibir um sorriso carnudo por determinado período.

A escolha de qual método utilizar para conquistar lábios à la Jolie são seus, mas antes de recorrer aos tratamentos é importante manter a saúde dos lábios com o uso diário de filtros solares ou substâncias hidratantes na região.

E como a prevenção ainda é a melhor maneira de manter a região linda, lembre-se que o tabagismo agrava, e muito, o envelhecimento da pele do local, deixando-a cheia de rugas e com uma cor amarelada. Portanto … cigarros NÃO!!!!

Aqui seguem alguns procedimentos que você pode fazer para realçar seus lábios:

Efeito permanente com cirurgias

Lipoestruturação labial
O que é: utilizado para aumentar o volume dos lábios e melhorar o contorno labial, esta técnica é realizada sob anestesia local. Com microcânulas bem fininhas, retira-se gordura da região interna de coxas, flancos ou qualquer outro local em que a paciente tenha gordura localizada e que deseja eliminar. Este tecido adiposo rico em células-tronco e colágeno é enxertado na boca através de microcanulas. O tempo médio da cirurgia varia entre 30 e 45 minutos.
Indicação: rejuvenescimento e aumento do volume dos lábios.
Contraindicação: não há.
Prós: o tecido adiposo que é injetado é rico em células-tronco, que têm capacidade de regeneração por mais de dois anos.
Resultado: é praticamente imediato, mas depois de uma semana, é possível ver o resultado definitivo, ou seja, lábios mais volumosos e contorno labial mais acentuado.
Cuidados pós-operatório: pode haver inchaço na área tratada por até sete dias, e o paciente está liberado para realizar suas atividades normalmente já no dia seguinte.

Queiloplastia
O que é: também conhecida como bardotização, em referência à atriz francesa Brigitte Bardot, a técnica promove a inversão dos lábios a partir da parte interna e constrói um novo contorno. Esta técnica é realizada sob anestesia local com sedação, dura em torno de 40 minutos e a cicatriz é fina, rente ao contorno labial e, por isto, pouco visível e não é necessário internação da paciente.
Indicação: para pessoas acima de 18 anos que possuem lábios finos ou murchos que desejam aumentar os lábios.
Contraindicação: pessoas que têm herpes ou que já possuem lábios carnudos.
Prós: a cirurgia não provoca nenhum tipo de reação e não há necessidade de internação.
Contra: se fora bem realizada, não há. O único porém é que pode ocorrer de os lábios ficarem inchados dois ou três dias.
Resultado: em uma semana, já é possível notar que os lábios já estão desinchados.
Cuidados pós-operatório: apesar de não haver necessidade de internação, nos primeiros dias é recomendado ingerir alimentos líquidos e pastosos, já que toda região fica dolorida. A exposição ao sol é proibida por um mês, para evitar que a cicatriz escureça. Mesmo assim, recomenda-se o uso de protetores labiais, que garantem a umidificação dos lábios.

Procedimentos estéticos para resultado temporário

Preeenchimento labial com gel de ácido hialurônico
O que é: presente no nosso organismo, o ácido hialurônico aumenta o volume ou apenas faz o contorno dos lábios quando este não se encontra bem definido. O procedimento, que dura cerca de 20 a 30 minutos, inicia-se com anestesia local em seguida ocorre a aplicação do gel em pequenas doses através do contorno dos lábios e depois na parte mais central deles para dar mais volume, se necessário.
Indicação: para dar volume aos lábios finos e/ou definir contorno labial.
Contraindicação: mulheres que tenham infecção ativa por herpes.
Prós: o ácido hialurônico é biocompatível com o organismo e não há casos de rejeição. É um produto temporário e em um prazo de meses é absorvido. Essa é uma grande vantagem caso seja a primeira vez e o paciente esteja inseguro quanto aos resultados.
Contra: na maioria dos casos, a paciente quer que o efeito dure mais.
Resultado: dura em torno de seis a nove meses, devendo ser reaplicado uma vez ao ano.
Cuidados pós-operatório: no primeiro dia, indica-se colocar compressas de água gelada no local. Os lábios ficam com edemas por 48 a 72 horas, período que não devem tomar sol.

Toxina botulínica do tipo A
O que é: substância aplicada na área do código de barras”” (rugas ou linhas da região que fica entre a base do nariz e o contorno do lábio superior). Este procedimento ameniza as rugas periolabiais que, na maioria das vezes, decorre do hábito de fumar. Não é preciso anestesiar a região onde aplica-se duas unidades da toxina botulínica de cada lado, acima do lábio superior. A toxina botulínica do tipo A paralisa ou ameniza o movimento de fazer biquinho e, assim, relaxa o músculo orbicular da boca e previne a formação das rugas.
Indicação: para amenizar a região conhecida como código de barras.
Contraindicação: mulheres grávidas ou com infecções ativas (como herpes).
Prós: a aplicação é rápida e o efeito é bastante satisfatório.
Contra: se for aplicada uma quantidade maior do que a necessária, pode-se ter – ainda que temporariamente, certa dificuldade em sugar um canudo ou assobiar, por exemplo.
Resultado: em dois dias, nota-se a diminuição das rugas. O efeito dura cerca de quatro meses.
Cuidados pós-operatório: nenhum específico.

BOCÃO INSTANTÂNEO EM MINUTOS!

Quando os lábios estão hidratados, somem aquelas rachaduras e consequentemente dá a impressão de que eles são mais carnudos. Este é o princípio dos batons com efeito pump. Geralmente, eles contêm colágeno, vitamina E, mentol e gengibre.

Espero poder ter contribuido com essas informações.

Em breve falaremos sobre a Toxina Botulínica especialmente para estética de lábios.

Aguardem.

Abraços

Dr. Querido

Disfunção de ATM pode ser prevenida logo cedo.

ATM quer dizer Articulação Temporo Mandibular e muitas pessoas sofrem com problemas nela.

Em qualquer momento da vida uma pessoa pode sofrer de alterações ou disfunções na ATM. Normalmente as disfunções são percebidas após um estalo, que pode vir acompanhado de desconforto e dores na cabeça, face, pescoço, olhos e dentes indicando que algo pode não estar funcionando adequadamente.

A ATM une a mandíbula ao crânio e está localizada próxima à orelha e pode ser considerada como uma das articulações mais complexas do corpo humano, pois faz com que a mandíbula se mova para frente, para trás e para os lados. O principal fator que leva à disfunção da ATM é a má oclusão – disposição inadequada entre os dentes e mandíbula – além de doenças degenerativas e sistêmicas, estresse e bruxismo.

Daí a importância de se ter os dentes alinhados corretamente. Em muitos casos a ortodontia se faz necessária e acaba por resolver o problema.

A maioria das pessoas que procura o consultório é diagnosticada com disfunção na ATM e 80 % destas chegam por meio das dores de cabeça, que ocorrem em razão da alteração. Normalmente a disfunção deixa o indivíduo com a sensação de que sua mandíbula vai saltar, quando ocorrem os estalos e travamentos momentâneos.

Para o diagnóstico, é necessário fazer um exame clínico e analisar os fatores que contribuem para a disfunção. Muitas vezes o diagnóstico é feito tardiamente, já que os principais sintomas são confundidos com os de outras patologias.

Os sintomas mais comuns são dores de cabeça; dores e zumbidos no ouvido; dor e pressão atrás dos olhos; estalo ou sensação de desencaixe ao abrir e fechar a boca; dores ao bocejar, mastigar; tonturas; vertigens; desgaste dental; sensação de travar a mandíbula; dor ao apalpar a área da ATM e luxação da mandíbula. Também podem se estender por outras áreas do corpo como coluna cervical e costas.

O tratamento ajudará na diminuição dos sintomas e pode variar de um paciente para outro, mas na maioria deles será feito por meio de medicação, placas de mordida, aparelhos ortodônticos e reabilitação. Em alguns casos o paciente precisará de tratamento multidisciplinar.

Fonte: Portal Corposaun

Sabia que consumir refrigerantes aos poucos aumenta o risco de cáries?

A cárie se forma quando as bactérias presentes na boca e que revestem os dentes, se alimentam de açúcares simples. A forma descontrolada de consumir açúcar causa mais impacto na formação de cáries do que a quantidade consumida. Ou seja; consumir muito e de uma só vez, causa menos problemas que consumir pouco o dia todo.

A cárie se forma quando as bactérias criam um ácido que destrói o esmalte do dente. Quando um doce é ingerido, cerca de 20 segundos depois, este açúcar é convertido em ácido. Este ácido, dura por volta de 20 a 30 minutos na boca. Tempo suficiente para desmineralizar o esmalte dental, fragilizando o dente.

Isso significa dizer que uma lata de refrigerante é bem menos prejudicial para os dentes quando consumida em apenas alguns minutos do que a mesma lata de refrigerante quando consumida por algumas horas com goles repetidos.

Por isso, as crianças de férias que tomem os cuidados necessários. Podem consumir refrigerantes, doces, balas, mas dêem preferência para os consumos regrados. Assim que ingerir os “doces”, fazer logo a higienização para não deixar formar cáries.

Por isso, principalmente nas férias é que devemos tomar mais cuidado.

Aproveitem o restante das férias e marque uma consulta com seu dentista. Faça limpeza e aplicação de flúor, para prevenir e proteger seu sorriso.

Um abraço

Dr. Querido

Enxaguante bucal com álcool x Câncer de boca

Podemos encontrar muitos enxaguantes bucais no mercado. Os que eu indico são os que não contém alcool. Poderia indicar o PLAX sem álcool; CEPACOL sem álcool; ORAL B sem álcool. Existem outros, mas não conheço muito bem. Estas são as marcas de produtos mais conhecidos e vendidos no mercado.

Outro componente importante para se levar em conta na compra de um enxaguante bucal, é a presença do flúor. O flúor ajuda a proteger seus dentes contra a desmineralização, ous eja, não permitir a formação de cáries.

Vai de gosto de cada pessoa, mas eu prefiro os produtos que não ardem na boca. Gosto pessoal. Tem quem goste dos enxaguatórios que ardem, por que tem a sensação de que isto acaba “matando” os germes e bactérias da boca.

(…) isto não é uma verdade… Por isso não tenho o costume de indicar o LISTERINE que tem aproximadamente 20% de álcol em sua composição, não tem flúor e para o meu gosto, arde muito!

Sabemos que o uso diário do álcool causa descamação da mucosa oral. Agravante para os fumantes e para as pessoas que tem lesões em boca. Estes sim devem tomar mais cuidado com o uso de enxaguantes que contém alcool, seja qual marca for. No dia 25 de março deste ano, o Ministério Público Federal entrou com ação civil pública contra a ANVISA, exigindo que os fabricantes publicassem nos rótulos e embalagens de seus produtos, um alerta sobre a existência de estudos indicando riscos à saúde, causados por seu uso diário e indiscriminado do álcool.

Alguns centros de pesquisa ao redor do mundo relatam ter encontrado relação do uso frequente destes produtos com álcool e a maior possibilidade de desenvolver câncer bucal.

Vale ressaltar que o álcool em si não provoca o câncer, mas uma enzima do próprio organismo transforma-o em acetaldeido (substância capaz de alterar células da boca e causar tumores).

Muito importante lembrar também que a pessoa não vai ter câncer só por que faz uso de vez em quando com enxaguatórios bucais que contém álcool. Existe uma pré disposição do indivíduo para isso e os agravantes são as feridas em boca, fumantes e etc.

Em resposta, o fabricante do LISTERINE diz que contém álcool na sua composição, por que este ativa os óleos essenciais contidos na fórmula para “matar” os germes e bactérias.

Lembre-se, o câncer de boca é responsável por 5% de todos os casos de neoplasias malignas. Cerca de 90% são Carcinomas de Células Escamosas, que são facilmente detectadas sem nenhum aparato especial.

Portanto, o que precisamos ter em mente é o cuidado com a nossa saúde e sempre procurar um profissional que possa fazer uma avaliação. O dentista não só avalia “dentes”. Avalia toda a mucosa oral, verificando se tem alguma lesão em boca que possa sugerir algum risco. E se houver o risco de algum tumor ou câncer, irá orientá-lo a tratar já no início conseguindo cura na maioria dos casos, cerca de 95%.

 

Os remédios para emagrecimento afetam a saúde bucal

A mídia nos pressiona a ter um corpo esguio, magro. E com isso, os “remédios anorexígenos” está sempre em alta na mídia. Mas é importante que informações quanto aos cuidados, a administração desses fármacos, sejam bem exclarecidas. Eu estou falando dos males que esses medicamentos causam a sua saúde bucal.

Esses medicamentos anorexígenos atuam no sistema nervoso central e causam entre outros efeitos a diminuição da secreção salivar, conhcida como “xerostomia”. Isto é ruim, pois a saliva tem como principais funções ajudar na digestão do alimento, facilitar a deglutição e também “lava” a boca removendo residuos alimentares.

Além da secura da boca ser desagradável, também causa o mau-hálito (halitose).

Exposição ao Raio-X. Podendo evitar, melhor!

Esses exames são importantes e contribuem para os diagnósticos, mas não devem ser feitos sem necessidade.

Caso você esteja precisando de uma imagem melhor de seu braço ou vislumbrar o interior de seus dentes e arcadas dentárias, alguns raios-X são necessários para um bom diagnóstico.Mas, apesar de sua importância indiscutível, eles também podem expor você à radiação. O FDA (Food and Drug Administration) oferece estas diretrizes para minimizar a exposição à radiação.

São elas:

– O raio-X pode beneficiar você. Não recuse o exame que é medicinalmente indicado. Por outro lado, não é preciso exigir um raio-X se seu médico ou dentista disser que ele não é necessário.

– Se estiver grávida ou suspeita que poderia estar, avise o técnico antes de começar o exame.

– Importante usar um escudo de proteção de chumbo.

– Pergunte se estão disponíveis raios-X de baixa radiação.

– Faça uma lista com seu histórico de raios-X para controle de quantas vezes já os realizou. Estas informações são importantes e já falamos sobre isto em outro post. Clique aqui e veja de novo

 

O que é odontogeriatria?

Com o aumento na expectativa de vida, graças aos avanços da medicina e ciências em geral as pessoas mais velhas, ou como hoje chamamos de “melhor idade”, vem crescendo muito. E com isso, um mercado especializado para estas pessoas também acompanha este crescimento.

A expectativa de vida do brasileiro gira em torno de 73 anos de idade. O dentista especialista em geriatria, chamado odontogeriatra encontra duas situações:

Ou o idoso está perdendo seus últimos dentes e vai ter como sua ultima opção a prótese total (dentadura). Esta situação é muito delicada, pois além de um peso psicológico de ter perdido todos os dentes, este vai ter que aprender a comer novamente. A prótese total não deixa que sinta perfeitamente o sabor dos alimentos, a temperatura dos alimentos e a eficiência da mastigação fica limitada. Outro fator importante a ser considerado é que a fonação e a auto estima também ficam debilitadas, pois é um tipo de prótese removível. Mas temos boas notícias para estas pessoas. Os implantes servem para ajudar a reter estas próteses na boca, dando mais conforto, segurança, eficiência de mastigação e com isso, aumentando a autoestima, além de melhorar a saúde, pois irão se alimentar melhor.

A outra situação é quando o idoso mantém quase todos os seus dentes. Nesta situação, outras especialidades entram em ação como a periodontia (que cuida da gengiva, raspagem e limpeza de tártaro). Este tipo de tratamento é mais preventivo, pois tem a função de manter os dentes que ainda estejam saudáveis em boca, além de prevenir infecções em boca.

Mas com esses dentes durante muuuitos anos, eles tendem a escurecer, também por causa da diminuição da salivação (por conta de certos medicamentos ou problemas digestivos).

O odontogeriatra deve estar sempre em contato com o médico que acompanha o idoso, seu consultório deve favorecer a mobilidade (sem escadas), a cadeira do dentista deve ser confortável com um excelente encosto para cabeça. As consultas devem ser um pouco mais longas que o normal e em alguns casos uma terapia antibiótica profilática se faz necessário antes da consulta, com a intenção de preservar a saúde geral do paciente.

Se ainda tiver dúvidas, por favor, nos pergunte.
Abraços

Pequenas soluções, grandes mudanças

Nossa intenção aqui neste blog, é que você fique sempre com um sorriso bonito e saudável.

E por isso, neste post trazemos algumas dicas e alternativas para que este, seu e nosso objetivo, seja alcançado.

Vamos começar pelo clareamento dental que é disparado o tratamento mais procurado ne clínica. Vale lembrar que nem todas as pessoas são candidatas a receber o clareamento dental. São contra-indicados para quem tem restaurações na própria cor do dente e próteses nos dentes anteriores. O agente clareador tem ação somente na estrutura dental natural, no esmalte dental. Se você tem alguma dessas coisas e algum dente anterior, somente tem indicação para clareamento se após, trocar as restaurações ou as próteses.

Outra opção são as Facetas laminadas. As facetas são camadas finas de porcelana que são coladas na superfície dental, como se fossem “lentes de contato”. Tem indicação para aqueles dentes que estão extremamente descorados, lascados ou disformes. Elas proporcionam um sorriso durável, pois a porcelana tem estabilidade de cor. Por isso tão populares no público que busca um sorriso perfeito.

Em alguns casos, pelo custo da faceta de porcelana ser alto, outra opção é a faceta direta de resina. Ela é feita na mesma hora, diferente da porcelana que precisa ir para um laboratório. Tem um custo menor, é mais rápido para realizar, porém tem o inconveniente de que a resina sofre alteração de cor e perde seu brilho muito mais rápido que a cerâmica.

Ultimamente tem sido falado em “odontologia minimamente invasiva“! Que raios significa isso?

Vou explicar: Todo o trabalho realizado em boca, tem uma tendência atual de se preservar ao MÁXIMO a estrutura dental, portanto, minimamente invasiva. Tentar o máximo com o mínimo de intervenção. Também o profissional ter acesso a métodos de diagnósticos mais precisos que auxiliam no diagnóstico precoce, beneficiando ainda mais o paciente.

Usando deste pensamento, temos feito grandes mudanças no visual do sorriso com pequenos alinhamentos realizados com resinas compostas.

Em algumas situações, podemos utilizar de fragmentos cerâmicos. Nada mais é que pequeninos fragmentos de porcelana que são colados a pequenas partes dos dentes. São usados para realinhar dentes que tiveram desgastes desiguais, pequenos diastemas (espaço entre os dentes), alongar dentes muito curtos.

Como puderam perceber, existem alternativas que realmente mudam seu sorriso para melhor. E nem precisa fazer GRANDES investimentos. Com pequenos detalhes, já se obtém excelentes resultados.

Continua com dúvidas? Então pergunte aqui nos comentários. Teremos prazer em responder.

Um abraço

A importância de uma Anamnese

A anamnese nada mais é que um instrumento que o médico ou dentista tem para conhecer um pouco mais sobre sua história médica. Assim, qualquer tratamento mais invasivo que tenha necessidade de se realizar, o será feito com mais segurança.A importância de uma Anamnese

Costumo dizer que a anamnese é a “arte de extrair do paciente tudo aquilo que ele acha sem importância”.

A anamnese é uma ferramenta fundamental para o sucesso do seu tratamento. Deve conter perguntas sobre a sua saúde física e psicológica. E a partir das suas respostas, o tratamento será direcionado.

Com esta anamnese e as respostas dadas sobre sua saúde geral, tudo é arquivado como um histórico particular do paciente.

A cada retorno, o profissional vai relê-la e se atualizar sobre suas informações. Além disso, resultados de exames também são arquivados e juntados ao seu prontuário.

Por isso, não omita informações que acham desnecessárias. Elas podem dizer mais sobre você a um profissional e assim ajudá-lo a cuidar bem de você.

Boa saúde a todos