Pontos pretos nos dentes… isso é cárie?

Não necessariamente.  Nossos dentes têm anatomias próprias, e existem regiões dos dentes que são mais profundas.

Os alimentos e bebidas que ingerimos, possuem corantes em sua maioria. Principalmente aqueles industrializados: doces, refrigerantes, biscoitos. Esses corantes podem pigmentar (“pintar”) os sulcos dentários, deixando-os mais escuros. E essas regiões são as mais afetadas  porque os resíduos alimentares permanecem ali por mais tempo.

Outro fator que ajuda no aparecimento dessas manchas é o cigarro. Esse tipo de pigmentação é mais comum nos dentes de trás (pré-molares e molares). Mas pode acontecer também na parte de trás dos dentes da frente. Porém, se os “pontos pretos” que você vê estiverem perto da gengiva, certamente não se tratam dos sulcos que eu citei. Possivelmente é tártaro, ou você tem mesmo uma cárie . Para ter certeza, consulte o seu dentista.

Já aconteceu de você ir em um dentista e ele dizer que você tem 3 cáries e um outro afirmar que são 5? Isso acontece porque os sulcos, fóssulas e fissuras, além de se pigmentarem mais facilmente, são os locais mais propensos a desenvolver cáries. E algumas cáries se encontram em um estágio “sub-clínico”, ou seja, difíceis de serem detectadas num exame clínico convencional. Certos dentistas preferem acompanhar o caso, outros detectam a cárie e indicam formas de favorecer sua regressão e outros, ainda, preferem fazer uma restauração “preventiva”, em que a quantidade de tecido removido é mínima.

Enfim, se você tem pontos pretos nos dentes, não se desespere achando que todos eles estão cariados. É possível que se trate apenas de sulcos pigmentados, lembrando que a melhor saída é procurar o seu dentista e tirar qualquer dúvida .

Texto: Dra. Liz Moura

 

Controlar o mau hálito e prevenção da gengivite

Mau hálito pode resultar de pobre saúde dental, e pode ser agravado pelos tipos de alimentos que ingerimos e outros hábitos de vida pouco saudáveis​​, como fumar. A rotina de boa saúde oral envolve escovar e usar fio dental diariamente, bem como check-ups regulares no dentista. Sem tomar estes passos simples, as partículas de alimento que irão permanecer em suia boca, promoverão o crescimento bacteriano entre os dentes, em torno da gengiva e na língua, causando mau hálito!

Coisas que você pode fazer para prevenir e ajudar a si próprio no controle:

  • Manter sua boca limpa, usando fio dental e escovação. Não se esqueça sua língua!
  • Manter visitas regulares ao seu dentista
  • Bochecho com anti-séptico bucal
  • Manter a boca hidratada com água
  • Evitar alimentos com odores fortes (Veja aqui quais são)
  • Mascar chiclete (correção temporária!)
  • Evitar hábitos pouco saudáveis ​​como fumar e mascar tabaco

Se o mau hálito persistir, procure seu dentista. O que poderia ser o início de uma gengivite, pode ser uma DOENÇA (periodontal)!

As doenças da gengiva começam com a placa que se transforma em tártaro (cálculo) ao longo do tempo. O tártaro não pode ser removido pela escovação regular e uso do fio dental e pode causar uma infecção nas gengivas (chamado de gengivite). Com a infecção se agravando, pode gerar uma perda óssea ao redor dos dentes, causando mobilidade, o que os levará a perda.

Sinais de alerta da doença gengival:

  • vermelho, dor de garganta, gengivas inchadas
  • sangramento durante a escovação / fio dental
  • mau hálito persistente
  • mudança na cor de suas gengivas
  • dentes sensíveis / gengivas
  • linha gengival alterada

… Certifique-se de ver o seu dentista regularmente para evitar o acúmulo de tártaro, gengivite e mau hálito!

Abs

Dr. Querido

Perca os hábitos que escurecem seus dentes!

Ainda na sequência do post de ontem sobre clareamento dental.
Os hábitos que costumam escurecer os dentes são os seguintes:
  • Comer e beber diariamente ou excessivamente: Chocolate, café, refrigerantes a base de cola, e vinho podem ajudar a manchar os dentes por conta dos corantes.
  • Os respiradores bucais tem maior probabilidade de formar manchas nos dentes. O esmalte desidratado fica mais poroso facilitando a formação das manchas.
  • O cigarro é um grande coadjuvante no escurecimento dos dentes.
  • Dentes que sofreram traumas (batidas) podem ter escurecimentos se a polpa dental for afetada. Ideal usar protetor quando praticar esportes radicais ou de contato.
  • Tratamento de canal (mal sucedidos) podem causar manchas ou até escurecimento total do dente.
  • O Flúor usado em excesso em crianças e adolescentes, causa fluorose dental, que provoca manchas em tons amarelados.

Interessado em Teeth Whitening?

Você tem os dentes manchados de tanto beber café ou chá? Indo para um evento e deseja que o seu sorriso venha brilhar? 
Ou possivelmente você fuma e está percebendo que seus dentes não são brancos como costumavam ser!
Há motivos de sobra para querer branquear seus dentes, e nós temos exatamente o que você está procurando!

Apenas algumas coisas para estar ciente:

O clareamento dental só tem ação em dentes naturais.  Então, se você tem coroas, pontes, restaurações em resina, ou qualquer outro trabalho artificial, o clareamento não terá ação. Desta forma, as cores ficarão alteradas.

A sensibilidade também é comum, mas não prejudicial. Caso você venha a ter sensibilidade com o clareamento, o correto é reduzir o tempo de uso e/ou freqüência até o desaparecimento da sensibilidade.

É importante ressaltar que o clareamento realizado em consultório, tem ação mais rápida (de uma a três consultas) e no caso de ter sensibilidade, esta poderá ser tratada mais efetivamente pelo dentista. A vantagem do clareamento realizado em consultório é que além de ter o resultado mais rapidamente, o profissional pode acertar as diferentes cores dos dentes, para que o sorriso fique mais harmônico.

Um detalhe: Um sorriso bem cuidado, com os dentes mais claros, gera uma empatia das pessoas que a cercam. Portanto os benefícios de um dente clareado, vai muito além de apenas ter um dente clareado. As pessoas ao seu redor estarão mais solícitas à você.

Pense nisso.

Um abraço

Dr. Querido

A exposição ao flúor

Há atualmente um debate sobre os níveis adequados de flúor que estão sendo consumidos pela população. Para quem não sabe, o flúor é um mineral natural que já foi provado ter um efeito positivo sobre a saúde bucal, tornando os dentes mais resistentes. Ele pode ser entregue em muitos aspectos, como em sua pasta de dentes e abastecimento de água, ou recebendo tratamentos com flúor diretamente no dentista na dose necessária pra cada pessoa.

Flúor x Creme Dental

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), cremes dentais com flúor devem ser usados duas vezes por dia. No entanto, existem algumas orientações que devem ser seguidos quando se trata da aplicação de flúor nos dentes das crianças:

Crianças do nascimento aos 3 anos de idade devem ter seus dentes e gengivas escovados regularmente por um adulto. Os pais devem consultar o seu dentista pelo primeiro aniversário da criança para determinar se eles estão em risco de desenvolver cárie dentária. Se esse risco existir, devem escovar os dentes de seus filhos com uma quantidade mínima de creme dental fluoretado (aproximadamente do tamanho de um grão de arroz) e incentivá-los para não engoli-lo. Se a criança não está em risco, eles devem ter seus dentes escovados usando apenas uma escova de dentes umedecida com água.

Das idades de 3 a 6, as crianças devem ser assistidos por um adulto enquanto escova os dentes. A quantidade de dentifrício fluoretado deve ser apenas do tamanho de uma ervilha verde. Bochechos fluoretados não são recomendados para menores de 6 anos de idade.

Flúor x Água Potável

Quase todas as cidades brasileiras tem a fluoretação da água potável. Ter níveis mínimos de flúor no nosso abastecimento de água e tê-lo regularmente monitorada e ajustada para evitar flutuações é considerada uma maneira segura e eficaz para prevenir a cárie dentária em todos os membros de uma comunidade. Um equilíbrio saudável deve ser mantido para receber adequadamente os benefícios da prevenção da cárie dentária e evitar assim o risco de desenvolver fluorose dental, uma mudança na aparência dos dentes a partir de um consumo superior ao ideal de flúor (mais notadamente aparece como pequenas manchas brancas no dente de uma criança ).

Desde que a ingestão diária de flúor é cuidadosamente monitorada, o flúor é considerado uma medida de saúde das mais importantes na manutenção da saúde bucal para todos.

Exposição à luz desempenha papel na modulação do medo e da ansiedade

Descoberta pode levar à criação de fármacos que imitam a terapia da luz para tratar doenças como ansiedade e síndrome do pânico

Pesquisadores da Universidade de Virginia, nos Estados Unidos, descobriram que a exposição à luz pode desempenhar um papel na modulação do medo e da ansiedade. Usando ratos como modelos, eles aprenderam que a luz intensa aumenta o medo ou a ansiedade em camundongos, que são noturnos, em grande parte da mesma maneira que a escuridão pode intensificar o medo ou a ansiedade em seres humanos diurnos.

“Olhamos para o efeito da luz no medo aprendido, porque a luz é uma característica global do ambiente que tem efeitos profundos sobre o comportamento e a fisiologia. A luz desempenha um papel importante na modulação da frequência cardíaca, o ritmo circadiano, ciclos de sono e vigília, na digestão, nos hormônios, no humor e em outros processos do corpo. Em nosso estudo, queríamos ver como isso afeta o medo aprendido”, disse o psicólogo Brian Wiltgen.

O medo é um mecanismo natural para a sobrevivência. Alguns medos parecem ser inatos, no entanto, humanos e outros mamíferos também aprendem com suas experiências. Este “medo aprendido” protege dos perigos. O medo também pode se tornar anormalmente reforçado em alguns casos, algumas vezes levando a fobias debilitantes.

“Estudos mostram que a luz influencia a aprendizagem, memória e ansiedade. Nós temos mostrado agora que a luz também pode modular respostas de medo condicionado. Entender como a luz regula medo aprendido pode melhorar terapias destinadas a tratar algumas doenças como ansiedade, síndrome do pânico e estresse pós-traumático”, disse Wiltgen.

Utilizando ratos como modelo os pesquisadores mostraram que a própria luz não necessariamente aumenta o medo, mas que a presença de luz para os ratos noturnos realça o medo aprendido. Semelhante a uma pessoa diurna que aprende a ter mais medo no escuro.

“As implicações deste estudo para os seres humanos é que: sendo diurno, a ausência de luz pode ser uma fonte de medo. Mas o aumento da luz pode ser usado para reduzir o medo, a ansiedade e para tratar a depressão. Se pudermos vir a compreender os mecanismos celulares que afetam isto, então, eventualmente, a ansiedade e o medo anormal vão poder ser tratados com fármacos que melhoram ou imitam a terapia da luz”, observou Wiltgen.

Fonte: Portal Isaude

 

Mau hálito pode barrar a conquista de emprego

A Revista VOCÊ S/A em agosto, publicou uma matéria interessante.
Dizia que o mau hálito poderia “barrar” a conquista de emprego.
Olha só como é importante estar com o hálito e saúde bucal em perfeito estado. As pessoas não querem sentir um mau cheiro logo que te conhecem, ou quando você vai para uma entrevista de emprego. Certeza que mesmo você que está lendo este post não gostaria de sentir o mau hálito.
É muito desagradável pra quem sente e constrangedor para quem percebe que está (isto quando consegue perceber, pois a grande maioria não sente o próprio mau hálito).
Por isso, não adianta, quem está procurando um trabalho, achar que com um ótimo desempenho, irá conseguir uma promoção. É preciso estar com a aparência em dia.
Uma pesquisa do CareerBuilder, site americano de empregos, lista as 11 características pessoais que mais barram o avanço da carreira.
Dê só uma olhada::

Piercing——————-37%
Mau Halito—————-31%
Tatuagem visível———–31%
Cabelo despenteado——-29%
Roupa muito casual——–28%
Excesso de perfume——-26%
Excesso de maquiagem—–22%
escritório bagunçado——–19%
Unha mordida—————10%
Excesso de bronzeado——-4%

O Mau hálito está em segundo lugar nas características que mais barram o avança da carreira. Por isso, cuide-se para que não fique com mau hálito.

Veja se você tem mau hálito. Tenha cuidado com os alimentos que ingere. Mau hálito, dá pra se medir.

Fonte: VocêS/A edição Agosto de 2011.

Plástica Dental

Sabia que pequenas imperfeições dentárias são fáceis de resolver?

Também chamada de “Plástica Dental”, uma forma rápida e segura de fazer pequenos “ajustes” nos contornos dos dentes. Corrigir tamanho, largura, curvatura, cor e um melhor posicionamento na arcada dentária.

A procura por um sorriso perfeito está cada vez mais perto. Em alguns casos, em apenas uma sessão, pode-se alcançar o objetivo desejado.

Em outros casos, um pouco mais complexos, pode-se realizar as mudanças em apenas um dia. E se for uma mudança mais ampla para deixar seu sorriso perfeitamente alinhado, algumas sessões a mais são necessárias.

Mas o mais importante é mudar, pra melhor, o seu sorriso, aumentando sua auto estima, confiança e te deixando mais feliz.

 

Tem coisa melhor que poder dar um sorriso como esses?

 

A ferida na boca é uma afta?

A afta é caracterizada por uma erosão na mucosa bucal e pode ocorrer em qualquer local da cavidade da boca.

Quando aparece, ocasiona uma leve reação inflamatória seguida de ardor. Este ardor ocorre, pois ela expõe o tecido conjuntivo e com ele, suas terminações nervosas.

A ferida na boca pode ser uma aftaPouco se conhece sobre a etiopatogenia das aftas. É uma manifestação comum a diversas doenças, causada por mecanismos distintos, geralmente de natureza imunológica, mas pode ser provocada por traumas locais, como mordidas acidentais e até traumas causados por escovas dentais, quando se imprime muita força e pressa.

Outras causas que também provocam as aftas são alimentos como frutas ácidas, temperos picantes até doenças sitêmicas como imunopatias, doenças nutricionais, alergias, estresse e reações a determinados medicamentos.

Geralmente regridem em até duas semanas.

Não existe uma cura definitiva, pois ela pode ser recorrente. Existem tratamentos como laser e aplicamos em nosso consultório e apresentam efeitos bastante positivos. Com o laser, a sintomatologia diminui e aumenta o processo de cicatrização. Pomadas anetéssicas podem ser usadas para alívio momentâneo da dor, mas um tratamento mais eficaz para acelerar a cicatrização, são as pomadas com cortcóides e anti-inflamatórios em sua fórmula.

E antes que perguntem, as aftas não são transmissíveis.

Dicas para evitar aftaAgora, umas dicas para fazer em casa no caso de não ter uma farmácia por perto.

– Bochechar solução feita com 1 colher de leite de magnésia ou bicarbonato de sódio diluído em copo de água.
– Diluir água oxigenada em água comum e aplicar com cotonete diretamente na afta
– Misturar Difenidramina (Benadryl®) com leite de magnésia e bochechar.

Evite contato direto de substâncias abrasivas puras como álcool e bicarbonato em pó. Isto pode irritar a ferida na boca e piorar o quadro.

Boa recuperação…

Seus dentes escureceram?

Muitas pessoas me perguntam por que os dentes “amarelam”? Como fazemos estética na clínica, essa pergunta é feita quase que diariamente.

Mas, o que causa alteração de cor?

Não importa que tipo de mancha o dente tem, que cor é a mancha. O que todos querem é ficar com os dentes bem “branquinhos”! E isso é possível!

Em primeiro lugar, vamos identificar que tipo de mancha o dente tem, se é por alimentos, por cigarro, medicamentos, genética, restaurações muito antigas, etc Somente depois disto iremos planejar um tratamento, de choque as vezes, para clarear os dentes.

Pra se ter uma ideia, as manchas podem ser provenientes de pigmentos dos alimentos como açaí, chocolate, café, refrigerantes, vinho tinto entre outros. Esta situação pode ser agravada quando se tem restaurações mal adaptadas, aparelhos ortodônticos fixos. Situações essas onde há maior dificuldade para remover a placa bacteriana .

Medicamentos como a Tetraciclina (muito usado antigamente) causava manchas no esmalte dental. Mas estas manchas só ocorriam, quando o dente permanente estava em formação e não quando ele já estava formado, ou seja, antes da sua erupção.

Outras manchas também ocorrem nos dentes em sua porção mais interna. Pode ser por um tratamento de canal mal sucedido. Quanto menos tempo com o dente escurecido, mais fácil de se obter sucesso no clareamento dental E este clareamento é realizado internamente no dente.

E se ainda tiver dúvidas, nos escreva aqui.

abraços