Distração Osteogênica. Você sabe o que é isto?

Olá.

Fazia tempo que eu não escrevia aqui no blog, né?!
Estava com saudades de escrever!

Mas hoje, vou mostrar um video de um programa da Rede Globo de televisão, o BEM ESTAR.

Lá, falei sobre uma forma de crescer osso. Uma forma de estimular o crescimento ósseo em nosso organismo com a intenção de se colocar implante dentário posteriormente. Não é o mesmo que fazer enxerto ósseo. Mas cresce ainda mais osso. Uma ótima opção para quem precisa passar por este tipo de procedimento.

Vale assistir este vídeo clicando aqui

Um forte abraço

 

 

Veja como o Botox é usado no tratamento dos dentes

Muito usado na dermatologia, a Toxina Botulínica, o Botox, é indicado para diversos problemas relacionados com a odontologia, como Sorriso gengival e o Bruxismo.

Conhecida popularmente como Botox, a toxina botulínica ganha cada vez mais espaço nos consultórios dentários. O mesmo produto utilizado pelos dermatologistas em tratamentos estéticos e por profissionais de áreas como neurologia, oftalmologia, fisiatria, ortopedia e urologia, agora é indicado para tratamentos odontológicos.

O Botox tem sido usado para tratamentos como sorriso gengival e bruxismo, além de atuar como elemento coadjuvante em cirurgias.

A toxina bloqueia o impulso nervoso na fibra muscular, não importando onde seja esse músculo ou onde seja o estímulo nervoso. O que varia é o local de aplicação e a dose aplicada. O Botox é de uso temporário, não existe Botox definitivo. Após um período de três a seis meses, variando de paciente a paciente e de local da aplicação, há necessidade de reaplicação.

A aplicação do Botox é analisada pelos dentistas caso a caso. O sorriso gengival é uma coisa que incomoda muitos pacientes. Em alguns casos a cirurgia para correção da altura do sorriso, é mais indicado. O Botox requer uma aplicação mínima e dura seis meses, podendo ser reaplicado.

A substância é contraindicada para pacientes em gestação ou que estejam amamentando. Alguns são alérgicos à Toxina Botulínica, lactose e albumina. Estes também devem evitar.

O custo do tratamento odontológico com Botox varia conforme a quantidade de doses aplicadas e de profissional para profissional. Mas vale destacar que planos de saúde têm a obrigatoriedade de cobrir o tratamento e que a rede pública de saúde também oferece o tratamento com a toxina botulínica para tratamentos com finalidade terapêutica.

Os principais problemas bucais que podem ser tratados com o Botox:

Sorriso gengival: situação que ocorre quando há uma desproporção entre o tamanho da gengiva e o do dente, fazendo com que a primeira pareça maior. A condição não chega a prejudicar a saúde do paciente, possuindo apenas efeitos estéticos.

Bruxismo ou briquismo: é uma desordem funcional caracterizada pelo ranger ou apertar dos dentes, principalmente, durante o sono. Um dos sintomas mais comuns é a pessoa acordar com a mandíbula dolorida ou com dor de cabeça.

Distonia: provoca espasmos localizados na região inferior da face (boca, língua e mandíbula), causando dificuldade na abertura ou fechamento da boca, no mastigar, no engolir e na articulação das palavras.

Disfunções da ATM: a articulação temporomandibular liga o maxilar ao crânio, os sintomas mais comuns de problemas na região é a sensação de que a mandíbula está ‘saltando para fora’, estalando ou até travando por um instante.

Sialorreia: ocorre quando há produção excessiva de saliva; pessoas com essa condição têm risco elevado de inalar a saliva, alimentos ou fluidos para os pulmões.

Neandertais praticavam “odontologia pré-histórica” há 130 mil anos…

Há 130 mil anos, o homem de Neanderthal já praticava uma espécie de “odontologia pré-histórica”, segundo novo estudo que analisou um conjunto de dentes encontrados há mais de um século, na Croácia. A análise dos dentes de um indivíduo mostrou uma série de sulcos, ranhuras e fraturas que revelam tentativas de lidar com problemas odontológicos como um dente impactado e outro desalinhado, dizem os autores do estudo, liderado pela Universidade do Kansas (EUA).

Para os autores, esse e outros estudos recentes sugerem que os Neanderthais eram muito mais inteligentes do que se pensava. “Havia sulcos feitos com algum tipo de palito, além de fraturas e ranhuras nos pré-molares. De maneira geral, tudo isso indica que esse Neanderthal tinha algum problema dentário que estava tentando tratá-lo sozinho, como um humano moderno poderia fazer”, afirmou um dos autores da pesquisa, o antropólogo David Frayer.

A pesquisa teve seus resultados publicados ontem no Boletim da Associação Internacional de Paleodontologia. Os cientistas analisaram quatro dentes isolados, mas que provavelmente pertenciam ao lado esquerdo da boca de um só indivíduo.

Em Krapina, na Croácia, onde os dentes foram encontrados entre 1899 e 1905, os autores do estudo já haviam feito uma série de descobertas sobre a vida Neanderthal. Uma delas foi um estudo publicado em 2015 sobre um conjunto de garras de águia com marcas de cortes e moldadas como adornos.

Na nova pesquisa, foram analisados os dentes com microscópios para documentar o desgaste oclusal – isto é, como os dentes se encaixavam na mordida -, formação de sulcos feitos com palitos, ranhuras na dentina e fraturas no esmalte.

Não foi possível localizar a mandíbula do indivíduo para buscar indícios de infecções nas gengivas, mas os sulcos e ranhuras nos dentes indicam que provavelmente algo estava causando irritação e desconforto para esse indivíduo.

Os cientistas verificaram que o terceiro molar e um pré-molar haviam sido empurrados para fora da posição normal. Foram achados seis sulcos nesses dentes e nos dois molares vizinhos. Segundo Frayer, as características do pré-molar e do terceiro molar estão associadas a vários tipos de manipulação dentária. “As ranhuras indicam que esse individuo estava enfiando algo na boca para alcançar o pré-molar fora de posição.”

Os cientistas não conseguiram identificar o que o Neanderthal usou para produzir os sulcos nos dentes, mas é possível que tenha sido um pedaço de osso, ou um caule duro de gramínea. “Talvez não seja surpreendente que um Neanderthal tenha feito isso, mas até agora não havia sido encontrado nenhum outro espécime que combinasse todas essas intervenções ligadas a uma tentativa de tratamento”, disse Frayer.

Fonte: Uol

Sorriso Gengival

Cada vez mais fatores que afetam esteticamente o sorriso tem se tornado as queixas principais dos pacientes. Hoje vamos falar sobre Sorriso Gengival.

Sabe aquela pessoa que ao sorrir, mostra um pouco mais a gengiva?

O Sorriso Gengival é caracterizado quando as pessoas com sorriso alto, apresentam uma exposição gengival maior que 3 mm, e pode ser apresentado por várias causas, como por exemplo, se a pessoa tiver o lábio superior curto, excesso vertical de maxila, excesso de gengiva recobrindo o dente…

O tratamento para o sorriso gengival também pode ser feito de diferentes formas dependendo da causa e vai desde uma gengivectomia, cirurgia ortognática, passando até pela aplicação de Botox!

A aplicação de Botox para o tratamento do sorriso gengival tem sido uma ótima opção devido a uma série de vantagens, como:

  • Custo beneficio, não há necessidade de cirurgia;
  • Resultado em poucos dias;
  • Pouco invasivo, praticamente indolor e sem riscos;
  • Técnica simples.

A avaliação estética é composta por uma análise extra-oral, labial, periodontal e dental e a composição de um sorriso saudável, bonito e atraente envolve um equilíbrio entre forma e simetria dos dentes, lábios e gengiva, como também a maneira como harmonizam com a face!

Dra. Ana karolina Sampaio

Queilite Angular. Você pode ter e ainda não sabe!

Você sabe o que é Queilite Angular? A Queilite Angular é popularmente chamada de Boqueira! Sabe aquela feridinha no canto da boca? É isso!

O principal fator desencadeante da Queilite Angular é o acúmulo de saliva no canto da boca, que facilita a formação de fissuras, rachaduras, vermelhidão, ulcerações ou crosta, que acabam sendo contaminadas por bactérias e fungos.

Alguns fatores contribuem para o acúmulo de saliva no ângulo da boca:

  • Envelhecimento, que provoca a flacidez da pele nos cantos da boca, favorecendo a instalação de saliva nesta região.
  • Ausência de dentes, que altera a angulação da boca, provocando uma situação semelhante ao envelhecimento.
  • Lábios ressecados.
  • Lábios que são exageradamente umedecidos por algum tipo de mania, como a de lamber os lábios a todo momento.
  • Próteses mal adaptadas.
  • Aparelhos odontológicos.
  • Candidíase oral.
  • Excesso de consumo de alimentos açucarados, pois favorecem o crescimento do fungo cândida.
  • Má higiene oral.
  • Alergia à alguns produtos dentários.
  • Corticoides inalatórios.
  • Alguns problemas de pele.

O primeiro passo do tratamento para Queilite Angular é eliminar a causa do problema. Em alguns casos, a simples adequação da prótese dentária já é suficiente. Atualmente também é possível fazer um lifting de ângulo de boca, através de procedimentos pouco invasivos como o preenchimento de comissura labial.

Dra. Ana Karolina

Como aumentar sua produtividade por meio da rotina

Como você pode tomar as rédeas do seu dia antes mesmo do café da manhã? Todos nós já ouvimos falar sobre os incontáveis benefícios de acordar cedo e ter um início extremamente produtivo. Mas, se você é uma pessoa com hábitos noturnos por natureza, como treinar o corpo para conseguir acordar cedo sem se sentir cansado o tempo todo?

Bem, então como aproveitar melhor as primeiras horas do dia e adquirir hábitos positivos para aumentar a produtividade.

Você pode escolher o melhor horário para cada tipo de atividade que você deseja fazer durante o seu dia. Por exemplo, acordar as 5 da manhã para fazer exercício, desde que você decida e faça uma arrumação nos seus horários.

Descubra aquele melhor horário, que te faz se sentir bem, que funcione pra você!

Seguem alguns truques para ajudar as pessoas a realmente conseguirem levantar cedo – e não ficarem adiando o alarme. Todo o processo começa na noite anterior. Se você quer acordar às 5h, deve estar na cama mais ou menos às 21h. Para muita gente pode parecer cedo, mas a realidade é que se você quer ter um horário ideal para acordar, você precisa planejar o número de horas de sono. E, para isso, você também precisa garantir que vai conseguir parar o seu trabalho e tudo aquilo que tem de fazer para estar na cama no horário previsto.

Se a rotina noturna estiver estabelecida, as horas matinais serão muito mais fáceis. Todo o processo começa com a tentativa de amarrar o seu dia, ter um limite noturno rigoroso, se preparar para dormir e realmente estar na cama. Se você seguir estes passos simples, vai dormir bem e acordar renovado na manhã seguinte, sem a necessidade de colocar vários alarmes. Você simplesmente sai de casa, animado e pronto para dar andamento ao seu dia. A rotina noturna realmente é um fator chave.

Estabeleça metas para o curto e longo prazo. Estabeleça uma meta de 12 semanas, ou seja, de 3 meses. Não planeje nada muito sério para não te desmotivar, caso fique difícil de alcançar!

Estabeleça “hábitos  âncora” que serão elementos chave para o cotidiano. São hábitos essenciais que tendem a acontecer, você fazendo ou não as coisas corretamente no seu dia. Podem ser, por exemplo, o simples ato de acordar, ir para o trabalho e fazer atividade física. Essas três coisas tendem a acontecer para a maioria das pessoas, na maioria das vezes. Um hábito âncora é algo que já está acontecendo. A questão é: se eu quero adicionar um novo hábito a minha rotina, ou se eu quero mudar ou melhorar algo que já faz parte dela, e eu vou baseá-lo naquilo que eu já estou fazendo.

Se você quer incluir a ioga no seu dia a dia, você precisa pensar da seguinte forma: “Eu já estou indo caminhar mesmo. Eu vou apenas fazer um pouco de ioga depois”. Ou, se você quer beber mais água, inclua o hábito logo após levantar da cama, todas as manhãs. Ou seja, esses hábitos extras podem ser encaixados nas coisas essenciais que você já faz.

Eu acho que é uma boa maneira de melhorar a vida sem ter que mudá-la completamente. Devemos fazer pequenas mudanças, que serão fáceis de realizar porque já temos uma rotina estabelecida, que funciona.

“Todo o processo começa com a tentativa de amarrar o seu dia, ter um limite noturno rigoroso, se preparar para dormir e realmente estar na cama. Se você seguir estes passos simples, vai dormir bem e acordar renovado na manhã seguinte, sem a necessidade de colocar vários alarmes”

Fonte: Forbes

Harmonização Orofacial

Em tudo na vida precisamos de equilíbrio! Equilíbrio significa harmonia, estabilidade, tudo aquilo que se distribui de maneira proporcional. A expressão “por em equilíbrio” significa igualar, contrabalancear. “Manter-se em equilíbrio” significa sustentar-se, e todos esses conceitos estão perfeitamente relacionados com a Harmonização Orofacial.
 
A odontologia moderna está buscando cada vez mais, não apenas tratar dores e doenças, mas trazer um equilíbrio para que os resultados dos procedimentos se tornem cada vez melhores.
Baseados nesse conceito de equilíbrio, entendemos que os dentes devam estar em harmonia, esteticamente e funcionalmente, com a boca e a boca com a face, sendo esse o objetivo da Harmonização Orofacial, ou Harmonização Facial
 
Visagismo: a arte de personalizar o sorrisoA face sempre foi uma região de atuação do dentista e por sermos muito exigentes e detalhistas, percebemos a necessidade e insatisfação do paciente, mesmo após finalizarmos um sorriso bonito e alegre, quando os dentes apesar de adequadamente estéticos e funcionais, não estão em harmonia com os lábios murchos e com a face caída. Assim através de procedimentos estéticos, como a aplicação de produtos como o Ácido Hialurônico e a Proteína Botulínica, conseguimos alcançar resultados excelentes, satisfação do paciente, atingindo assim o equilíbrio com faces esteticamente harmônicas.
Trabalhamos para promover saúde, devolver função, autoestima, confiança e melhor qualidade de vida para nossos pacientes!
Dra. Karol Sampaio

Clear Coffee, o café incolor que promete não escurecer os dentes

Só quem ama café sabe o quanto é difícil focar sem ele. E sabe também o mal que o café causa nos dentes.

Diariamente em minha clínica, recebo meus pacientes pedindo para fazer uma limpeza nos dentes, pois estão muito manchados. Engraçado que as vezes, pedem para “clarear” os dentes.

A limpeza não “clareia” os dentes. Ela apenas remove as manchas escuras (digo pretas) que o café causa e dá uma aparência de que os dentes foram “clareados”. Mas não…rs!!

Uma startup chamada CLR CFF (Clear Coffee) afirma ter criado o primeiro “café incolor” do mundo!!!

Este café é fabricado com os grãos arábica de alta qualidade e água pura! A bebida, a princípio estranha, promete um sabor fresco e aromático que não requer a adição de açúcar ou leite.

A fabricação é feita por um método nunca antes utilizado, a bebida foi lançada sem a cor marrom-escura comum do café como conhecemos e, consequentemente, não amarela o esmalte dos dentes.

Curioso não? Vamos experimentar???

Fonte: followthecollors